Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

Anilado

Na estreia em casa, Noia perde para o Tubarão na Série D

Anilado foi superado por 1 a 0 no Estádio do Vale
29/04/2018 18:30 29/04/2018 20:16

Juarez Machado/GES
Noia não conseguiu superar o Tubarão no Estádio do Vale

Mesmo fora da água, o Tubarão veio mordendo para Novo Hamburgo e conseguiu abater a sua presa. Na tarde deste domingo, no Estádio do Vale, o Anilado tentou de várias formas buscar a vitória na estreia em casa na Série D do Campeonato Brasileiro, mas encontrou um adversário duro pela frente. O único gol da partida foi marcado por Fio, no começo do segundo tempo, quando o clube catarinense encaixou um bom contra-ataque. O resultado negativo em seu domínio fez o Noia cair uma posição, fechando a 2a rodada do grupo A16 na 3ª colocação, com um ponto, isso porque no outro jogo da chave, a Ferroviária chegou aos dois pontos após o empate por 0 a 0 com o Cianorte (PR). O Peixe é líder com seis.

No primeiro tempo, o Noia teve dificuldades, principalmente na marcação. Depois dos 10min, o time conseguiu uma melhor organização e subir ao ataque, mantendo a posse de bola com qualidade. Aos 11min, Fidélis pifou João Paulo na grande área, o centroavante completou para a rede, mas estava em impedimento. O Noia teve outras chances, mas faltou efetividade.

A MORDIDA
Melhor após os 30min, o Tubarão passou a agredir o Noia, que pareceu ter sentido o calor. Na etapa final, aos 9min, Carlão operou um milagre em chute de Baiano. Dois minutos depois não teve jeito. Em contra-ataque, Jean cruzou da esquerda e Fio mandou de cabeça para a rede. Carlão ainda salvaria o Anilado mais uma vez no jogo. O Noia ainda teve a chance do empate aos 49min, quando Zotti cruzou e João Paulo quase fez em cabeceio, mas foi a vez de Belliato brilhar. O Novo Hamburgo voltará a campo no próximo domingo, às 16 horas, contra o Cianorte, no Paraná.

Não faltou entrega

O Noia não fez um jogo tão ruim, apesar do resultado. Lutou para tentar reverter o resultado, mas o Tubarão mostrou força e dedicação para neutralizar as armas aniladas, como o meia Preto e o lateral Maicon. O goleiro Carlão, de grande atuação, afirmou que o time não pode baixar a cabeça. “A equipe se entregou até o fim. Não foi o resultado que esperávamos. Agora vamos trabalhar na semana para buscar os pontos fora”, afirmou o arqueiro. “Os jogadores fizeram o que podiam, eles lutaram. Precisam melhorar a parte técnica e tática, temos que corrigir os passes. O que não conseguimos fazer em casa, vamos ter que fazer em Cianorte”, completou o técnico Paulo Henrique Marques.

Ficha Técnica

Novo Hamburgo

Carlão; Maicon, Léo Dagostini, Ricardo Thalheimer e Márcio Goiano; Rudiero, Fidélis (Zotti), Preto, Juninho (Conrado), Branquinho (Henrique Santos) e João Paulo. Técnico - Paulo Henrique Marques. 

Tubarão

Belliato; Oliveira (Grafite), Jailton, Petterson e Jean; Daniel Pereira, Parrudo (Vinicius Baiano), Guilherme Amorim, Branquinho, Fio e Laércio (Magno Alves). Técnico – Waguinho Dias.

Detalhes

Local - Estádio do Vale, em Novo Hamburgo. Arbitragem - Roberto Silva, auxiliado por Adailton Menezes e Tiego Braga. Público - 1.120.



Jornal NH
PUBLICIDADE

WEBTV

Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS