Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Débora Trierweiler

Perdoar é um santo remédio

Leia artigo de Débora Trierweiler
07/05/2018 08:00

Debora Trieweiller Débora Trierweiler é farmacêutica

deboratri@hotmail.com

O ato de perdoar diminui a geração de estresse, diminui a depressão, diminui a raiva, diminui a pressão arterial. O ato de não perdoar é um gerador de doença física no contexto corpo, mente, espírito. O não perdoar aumenta o hormônio cortisol e a adrenalina na circulação. Estes dois hormônios são os hormônios de estresse, que te faz ter garra, ter força para luta e te torna violento. Eles reduzem a imunidade, abrindo a porta para uma série de doenças. Ruminar o ressentimento aumenta o estresse, a freqüência cardíaca, a pressão arterial, o colesterol e assim vai.

Mas como reduzir isto. O ato de perdoar é um exercício profundo que se deve fazer todos os dias. Usar realmente o horário da oração com o foco no perdão. Perdoar-se a si mesmo por não conseguir perdoar o outro é o início. Isto não quer dizer passar a mão na sua cabeça. Mas ser o início da mudança. Nossos pensamentos. O lado espiritual está cada vez mais ganhando importância pelo lado científico.

Outra boa técnica é fazer o “bem”. Desta forma, a energia positiva gerada neutraliza a energia negativa do mau sentimento. Este é outro grande exercício para começarmos a fazer a mudança. Nossas ações. E para o corpo físico, caminhadas, corridas, yoga, pilates, academia. Uma infinidade de opções estão à nossa volta para nos ajudar a neutralizar os hormônios corticais. Nossos movimentos.

Enquanto estamos no início desta caminhada, precisamos proteger o corpo físico do inverno que vem pela frente. A própolis e o mel são dois grandes aliados da nossa saúde física. Eles protegem nossas vias respiratórias, diminuindo a incidência de tosses, secreções, dores de garganta e resfriados. Para as pessoas que não gostam do cheiro e do gosto da própolis, existe a própolis em cápsulas.

E para os maus sentimentos da alma, existem os florais que ajudam a desmanchar os maus sentimentos e a fortalecer os bons. Rescue é um bom início.


Jornal NH
PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS