Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Nelsoni de Almeida

A beleza ressignificada

Leia artigo de Nelsoni de Almeida
08/05/2018 08:00

Nelsoni de Almeida Nelsoni de Almeida é otorrinolaringologista


nelsoni.almeida@gmail.com

Define o dicionário que belo é sinônimo de “agradável aos sentidos”. Esta percepção, essencialmente, depende do contexto, das vivências e do universo de quem observa. Historicamente, o conceito do que é belo foi questionado e revisitado inúmeras vezes, seja por questões culturais, religiosas ou sociais. Mas, em nenhuma outra década, abriu-se espaço para tão ampla pluralidade de perfis de beleza como a que vivemos. Hoje, o padrão perdeu espaço para a diversidade. Por sua origem, o termo beleza significava exatidão, simetria e precisão. E, para muitos povos, esteve associado àquilo que é divino. Os tempos modernos, porém, trouxeram a leitura mais humana e democrática daquilo que pode agradar aos sentidos. Até mesmo a publicidade e a moda, áreas decisivas para padronização do que é belo, vêm corroborando com o rompimento de um conceito único do que é ser bonito. Em meio à diversidade, toda beleza é única e deve ser reconhecida e valorizada. Sentir-se bem com a própria imagem é mais que uma escolha, é um direito que deve ser respeitado. E a sociedade, em geral, evolui para este caminho. No novo contexto da beleza, a estética deve agradar, prioritariamente, os sentimentos. Deve fazer bem; ser do bem. A beleza pode ser harmonizada e refinada sempre. Mas nunca nivelada em uma única métrica. A diversidade étnica, a personalidade e as escolhas de cada um constroem as curvas desta extensa linha. Com atenção máxima a estas características e foco na satisfação pessoal, às cirurgias e tratamentos estéticos cabe a função de ajustar detalhes que causam desconfortos e, assim, contribuir para o novo sinônimo de beleza: “bem-estar”.


Jornal NH
PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS