Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Liene Schütz

Nunca perca a esperança

Leia artigo de Liene Schütz
08/05/2018 12:00

Liene Schutz

Liene Schutz é historiadora

lieneschutz@ig.com.br.

Mais uma vez, fiquei emocionada, até com lágrimas, quando fui verificar o andamento da restauração da Semec II, a Casa das Artes, prédio no Centro de Novo Hamburgo. Não esquecerei jamais quando o então prefeito em 1998 acenou para um grupo lutador pela cultura, a restauração do prédio, na época, juntamente com a disposição da Câmara de Vereadores para ajudar. Saíamos otimistas das reuniões sucessivas que aconteciam. O ano de 2006 foi histórico. Era um assunto que a muitos não interessava, era considerado permissivo e não lucrativo. O tempo passou, mas o que interessa é o agora. Aconteceu que, depois de tantos percalços, o projeto arquitetônico tomou forma, e a obra está crescendo a cada dia. Está grandioso e garantido, e os parceiros da luta podem se sentir vitoriosos. Para nós, está magistral. Todas as modalidades artísticas da cidade terão, enfim, mais um espaço para festejar este processo cultural. Demorou 20 anos, mas aconteceu. Visitei, há poucos dias, o local, acompanhada por uma das arquitetas responsáveis da Prefeitura, e após a divulgação da visita nas redes sociais, pessoas se manifestaram encantadas. Este ano será um marco histórico para os lutadores pela cultura na cidade. O Sr. Brunno Campani, doador do terreno e prédio, e a professora Maria Emilia Sauer, sem pensar no momento, que com a escola de artes que ali fundou seria o fomento inicial para criação de nossa Feevale. Sugiro que alguns dos espaços da casa preservem os seus nomes, valorizando as suas ações, merecendo um reconhecimento. O ano de 2018 será imortal na história da cidade destacando ainda os secretários de Cultura, o Legislativo e o Executivo em suas gestões no decorrer do tempo. E espaço já quase todo restaurado pelos executores vai encantar mesmo aqueles que desacreditavam e subestimavam este sonho. A Semec II venceu, e a Casa das Artes está aí.


Jornal NH
PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS