Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Alceu Feijó

Buraco de rua

Leia artigo de Alceu Feijó
11/05/2018 10:00

Alceu Feijó é jornalista Alceu Feijó é jornalista

feijonh@gruposinos.com.br

O colega Ermilo Drews abordou, em sua opinião, o problema que deve estar preocupando a prefeita Fatima. Eu, cá nos meus 92 anos, vivendo em Novo Hamburgo desde o tempo em que as ruas eram de saibro, pedras irregulares e paralelepípedos, me associo à prefeita, porque este é um problema internacional, segundo falou para Bial, da Globo, quando entrevistava um jornalista americano. Bial perguntou qual era o maior problema dos jornais americanos? O jornalista, sem titubear, respondeu: “O que mais complica as autoridades americanas são os buracos de rua.” Em seguida, desfilou uma série de manifestações dos leitores americanos, que coincidiam com a dos brasileiros, principalmente os do NH.

Passado tanto tempo, lá e aqui, o buraco da rua continua sendo o maquiavélico probleminha que afeta a prefeita todo o dia e hora. Com mais sofrimento que os jornalistas, a prefeita anda pela cidade diariamente. Eu, para chegar ao jornal, diariamente, já contei mais de 100 buracos entre o jornal e a Joaquim Nabuco.

Contudo, para minha surpresa, dia desses, indo para Dois Irmãos, estranhei a perfeição do asfalto da BR-116, que tem um trânsito intenso de automóveis e caminhões pesados. Comecei a contar os buracos da BR- 116, feita há mais de 20 anos. Lembro que de São Leopoldo até Estância Velha era uma só pista. Em função das demandas dos prefeitos, o governo federal resolveu duplicar naquele trecho.

Diante disso, a pergunta que eu faço - e a prefeita Fatima também deve fazer - por que o asfalto de uma faixa federal de grande e pesado trânsito, desde que foi feita, não tem nem um buraco no trecho entre Novo Hamburgo e Dois Irmãos, ida e volta? E as ruas da cidade chegam a ter um buraco dentro do outro? Alguém é responsável, começando pela empresa fornecedora do asfalto que para o governo federal é o melhor e para as prefeituras é o pior!


Jornal NH
PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS