Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Marcos Schmidt

Direito para morrer?

Leia artigo de Marcos Schmidt
15/05/2018 08:00

Marcos Schmidt Marcos Schmidt é pastor luterano

marcos.ielb@gmail.com

“Na minha idade, a pessoa tem o direiro de ser livre para escolher a morte.” Palavras do cientista britânico David Goodall, 104 anos, que viajou até a Suíça para tirar a própria vida. Ele não sofria de nenhuma doença terminal, mas estava ansioso para morrer e arrependido por ter vivido durante tanto tempo. E assim, no dia da Ascensão de Jesus, quinta-feira passada, depois de tomar o café da manhã, recebeu uma injeção letal.

O velho botânico e ecologista não acreditava na vida após a morte, mesmo assim, antes de morrer, ouviu a 9a Sinfonia de Beethoven. Uma grande controvérsia! Em certo momento, o belo e famoso “hino da Alegria”, entoa: “Irmãos, além do céu estrelado mora um Pai Amado. Milhões, vocês estão ajoelhados diante Dele? Mundo, você percebe seu Criador? Procure-o mais acima do céu estrelado! Sobre as estrelas onde Ele mora!”

Não é nada fácil a vida do idoso. Moisés reclamou que “os mais fortes chegam aos oitenta, mas esses anos só trazem canseira e aflições” (Sl 90.10). Goodall resmungava que, na idade dele, levantava de manhã, tomava café, depois ficava sentado até o almoço e continuava sentado. “O que fazer com isto?”, questionou. A eutanásia foi a opção para alguém que não tinha esperança de se encontrar com o Pai Amado, para alguém que não procurou o Criador acima do céu estrelado.

Antes de subir aos céus, Jesus disse: “Não fiquem aflitos. Creiam em Deus e creiam também em mim. Na casa do meu Pai há muitos quartos, e eu vou preparar um lugar para vocês” (Jo 14.1). Crer em Deus, confiar em Jesus, este é o jeito para enfrentar os problemas em qualquer idade. Mas, para alguém que só acredita na matéria, o que resta da vida aos 104 anos? Outro Davi, rei de Israel, também sofreu os dissabores da velhice, mesmo assim, escreveu: “O dia inteiro, eu te louvo e anuncio a tua glória. Não me rejeites agora que sou velho, não me abandones agora que estou fraco (...) Tu me livrarás da sepultura” (Sl 71). Foi ele que também compôs o Salmo 23: “Certamente a tua bondade e o teu amor ficarão comigo enquanto eu viver.”


Jornal NH
PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS