Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

Estádio do Vale

Projeto é construir um 'Novo Noia'

Diretor executivo Marcos Bock apresentou metas a médio e longo prazo
15/06/2018 21:39 15/06/2018 21:39

Gustavo Henemann/GES-Especial
Marcos Bock durante bate-papo com a imprensa no Estádio do Vale
Na semana em que o Novo Hamburgo informou que ficaria sem futebol profissional no segundo semestre após a queda na 2ª fase da Série D do Campeonato Brasileiro, o clube não perdeu tempo e traçou os objetivos extracampo para a segunda metade do ano. Em bate-papo com a imprensa, na tarde desta sexta-feira, no Estádio do Vale, o diretor executivo Marcos Bock apresentou a gestão estratégica que será adotada para construir o projeto “Novo Noia”.

Conforme o dirigente, o Anilado aproveitará a parada nas competições profissionais para sanar dívidas, e fazer com que o clube cumpra metas a médio e longo prazo, como voltar a ser um clube formador, maior integração com a comunidade – e nesse sentido o projeto Noia na Escola foi retomado –, e também trabalhar para que o Noia atraia novos investidores que deem retorno financeiro, afim de dar condições às necessidades básicas da casa anilada e para melhor atender os torcedores.

“Jamais podemos gastar mais do que arrecadamos, ou sem ter a mínima noção. Esse tempo (sem competições) será importante para o replanejamento. O Novo Hamburgo não fechou as suas portas. O clube possui mais de 400 atletas nas categorias de base, e com suas famílias, vivem o Novo Hamburgo”, destacou Marcos Bock. “É impossível fazer futebol sem a base alimentando a equipe profissional ou participando. A busca do selo formador (da CBF) passa a ser prioridade novamente. Com certeza será uma busca imediata, porque é necessário”, complementou o diretor executivo.

NOIA NA ESCOLA

Uma das prioridades é fazer com que a comunidade hamburguense tenha maior apelo ao Noia, com um objetivo claro de formar novos torcedores e possivelmente futuros sócios. De acordo com Bock, o clube pensa não mais por competição, mas num planejamento que mantenha a direção integrada por um período de 10 anos. Uma das iniciativas que terá uma atenção especial é o projeto Noia na Escola, que foi apresentado ontem pelo vice-presidente de marketing Parahim Neto e a assessora de imprensa Elenise Martins. O Noia na Escola será uma ação para atrair a garotada para o Estádio do Vale, mas que o clube também esteja inserido no contexto dentro das instituições hamburguenses, promovendo o desenvolvimento cultural e artístico dos estudantes do Município.


Jornal NH
PUBLICIDADE

WEBTV

Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS