Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Rio de Janeiro

Tiroteio fere policial e paralisa bondinho do Pão de Açúcar

Um soldado do Batalhão de Choque foi atingido, possivelmente por estilhaço de granada
08/06/2018 16:29 08/06/2018 16:31

Agência Brasil/Agência Brasil
Bondinho foi paralisado após tiroteio
Um intenso tiroteio entre traficantes e policiais militares deixou um agente ferido e causou a paralisação do bondinho do Pão de Açúcar. Os tiros, no início da tarde desta sexta-feira (8), assustaram moradores e turistas na Praia Vermelha, bairro da Urca, considerada um dos locais mais seguros do Rio, por abrigar diversas instituições do Exército.

De acordo com as primeiras informações divulgadas pela Polícia Militar (PM), um soldado do Batalhão de Choque foi atingido, possivelmente por estilhaço de granada, mas seu estado de saúde era estável. Fotos divulgadas na página Onde Tem Tiroteio, no Facebook, mostram o soldado sendo atendido, no calçadão da praia e carregado por seus colegas. Um vídeo também mostra o intenso sons de tiros no local.

Ainda segundo a assessoria da PM, criminosos que travam disputa por território nos morros Chapéu Mangueia e Babilônia, no Leme, teriam fugido pela mata, por meio de trilhas que saem na Urca. Segundo funcionário do bondinho do Pão de Açúcar, o serviço até o Morro da Urca foi interrompido por volta das 14h30, por motivos de segurança, sem previsão de retorno.


Jornal NH
PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS