Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Crise humanitária

Equador declara emergência devido à entrada de venezuelanos

De acordo com os dados oficiais, são cerca de 4,2 mil refugiados chegam diariamente ao país
10/08/2018 10:38 10/08/2018 10:48

AFP
Presidente da Venezuela, Nicolas Maduro
O governo do Equador declarou estado de emergência no setor de mobilidade humana nas províncias de Carchi, Pichincha y El Oro. A medida foi definida em decorrência da necessidade urgente, segundo as autoridades, de prestar apoio aos imigrantes procedentes da Venezuela. De acordo com os dados oficiais, são cerca de 4,2 mil venezuelanos que chegam diariamente ao país.

As autoridades do Equador informaram que, com a iniciativa, a expectativa é dar uma resposta "eficaz e contundente" para a preservação dos imigrantes que ingressam em território equatoriano.

O vice-ministro de Mobilidade Humana, Santiago Chávez, disse que o objetivo é estabelecer um plano de contingência e ações de atenção humanitária. Segundo ele, serão realizadas reuniões com os representantes provinciais e também da Organização das Nações Unidas (ONU).

Em comunicado, o Ministério das Relações Exteriores do Equador informou que está sendo definida uma coordenação entre as entidades públicas, as seções e a cooperação internacional, com suas competências e responsabilidades.

*Com informações das agências públicas de notícias Andes, do Equador, e Andina, do Peru



Jornal NH
PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS