Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Encontro político

Haddad diz que vai à enfermaria para debater com Bolsonaro

Médicos do adversário pelo PSL recomendaram candidato a não participar do encontro político
10/10/2018 15:36 10/10/2018 15:37

O candidato à presidência do Brasil pelo PT, Fernando Haddad, disse estar disposto a ir até uma enfermaria para debater publicamente com o concorrente pelo PSL, Jair Bolsonaro, seu adversário ausente dos debates desde que foi esfaqueado durante um comício em setembro.

"Eu vou na enfermeira que ele quiser, não tem problema, os brasileiros precisam saber a verdade. Se tem fake news, vamos tratar isso como adultos. Eu não tenho problema com nenhum tema, não estou fazendo criancice na internet, contando com a boa fé das pessoas que são crédulas", afirmou Haddad depois de ficar sabendo que o ex-capitão do Exército, que recebeu 46% dos votos no primeiro turno, não comparecerá ao debate previsto para esta quinta-feira (11), na TV Bandeirantes, por recomendação médica.

Haddad (29% dos votos) concedeu uma entrevista à imprensa estrangeira em um hotel de São Paulo, em meio a intensas negociações para tecer alianças visando ao segundo turno.

Anteriormente, o candidato indicado pelo ex-presidente Lula confessou sua "desconfiança" de que Bolsonaro, cuja alta médica para evitar participar dos debates não o impediu de conceder várias entrevistas televisionadas, recusara-se a debater antes do segundo turno.

"Não há como se acovardar num debate, ele vai ter que enfrentar. As atitudes covardes de rede social não são possíveis no debate cara a cara", afirmou, em referência à proliferação de notícias falsas durante a campanha e aos insultos feitos por Bolsonaro na internet.



Jornal NH
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS