Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

Clássico do Vale

Com a derrota para o Aimoré, anilado cai para a 8ª colocação

Noia perdeu para o Índio Capilé na tarde deste domingo por 4 a 2
24/02/2019 21:16 24/02/2019 21:16

Foto por:
Descrição da foto:
Em quatro flechadas certeiras o Aimoré voltou a vencer o Novo Hamburgo no Estádio do Cristo Rei, em São Leopoldo, após dez anos, ontem, pela 8ª rodada do Gauchão, na 90ª edição do Clássico do Vale. O triunfo por 4 a 2, de virada, com todos os gols no primeiro tempo, encaminhou o Índio à sequência na elite do futebol gaúcho em 2020, e à subida para a 5ª posição na tabela, com 12 pontos. Já o Anilado caiu para a 8ª colocação, permanecendo com 11 pontos.

Para quem esperava um confronto truncado, como nos últimos clássicos, viu totalmente o contrário. No primeiro minuto, Paulinho Simionato quase marcou, mas Pitol espalmou para o canto. Na cobrança de escanteio do paraguaio Bustamante, Renato desviou contra o patrimônio e marcou a favor dos hamburguenses. O Aimoré logo reagiu e teve duas chances com Vinicius e Leandro Canhoto, mas Gustavo salvou o Anilado. Porém, aos 15min, Canhoto cobrou falta da direita e encontrou Renato livre para igualar o escore.

O jogo seguiu totalmente aberto. Aos 18min, Fred cobrou falta e tirou tinta da trave, e três minutos depois, Rodrigo Paulista perdeu um gol sozinho na pequena área. Mas foi com Bustamante, aos 26min, numa bela jogada individual que o Noia fez 2 a 1.

No entanto, em seis minutos, a defesa anilada sofreu um apagão. Aos 28min, o time leopoldense empatou a partida num replay do primeiro gol, mas desta vez Canhoto cobrou a falta e Wagner guardou. Aos 32min, Henrique Ávila aproveitou uma sobra na entrada da área e fuzilou: 3 a 2. O quarto gol saiu em um contra-ataque aos 34min, quando os aimoresistas avançaram em velocidade e Vinicius balançou a rede. Aos 45min, Ednei quase descontou para o Noia, mas Pitol defendeu.

Segundo tempo

Na etapa final, o Noia tentou correr para consertar os erros defensivos e ser mais efetivo no ataque. Mas não foi isso que aconteceu. Aos 7min, Paulista sofreu pênalti e viu Pitol defender sua péssima cobrança. O time de Bolívar até mostrou vontade, mas sem qualidade no último passe e nas finalizações, não conseguiu furar a defensiva índia. Simionato e Cearense tiveram chances de marcar, mas erraram a pontaria. Agora, o Anilado só volta a jogar após a parada do Carnaval, no dia 10 de março, contra o Avenida, no Vale, pela 9ª rodada, e terá um bom tempo para digerir o revés no clássico.


Jornal NH
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS