Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Inovação

Em vez de funeral, startup cria tecnologia para transformar corpo em pedaço de solo

A matéria orgânica formada a partir da decomposição do cadáver permite até plantar uma árvore
02/07/2019 03:00 02/07/2019 12:44

Há quem diga que a disrupção digital vai chegar a todos os lugares. É o caso do mercado funerário. Avaliado em US$ 20 bilhões só nos Estados Unidos e ocupado tradicionalmente por empresas pequenas ou familiares, tem atraído startups.

As ideias vão de sistemas de comparação de preços a novos processos para substituir enterros e cremações. A americana Recompose, por exemplo, é dona de um sistema para acelerar a transformação de um cadáver em um pequeno pedaço de solo, pelo processo da compostagem.

Durante um mês, o corpo é posto em uma mistura química a 50 graus. No fim do processo, o material é entregue aos parentes, que podem plantar uma árvore ou colocar a terra no jardim. Essa ideia já rendeu mais de US$ 7 milhões à startup.

Jornal NH
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3553.2020 / 51 992026770
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS