Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

Seu problema também é nosso

Estradas esburacadas, lixo acumulado: clima de abandono no interior de Taquara

Moradores de Açoita Cavalo reclamam da situação

Descaso, abandono, desrespeito. É dessa maneira que moradores descrevem o tratamento do poder público com a localidade de Açoita Cavalo, no interior de Taquara. De acordo com a comunidade, são duas as principais reivindicações para o local. A primeira é a manutenção nas estradas de chão. Como não há patrolamento periódico, segundo moradores, nas últimas semanas começou a surgir um outro problema. Em virtude da condição das vias, o caminhão não está mais passando em alguns pontos para fazer o recolhimento de lixo.

São cerca de 40 famílias e dezenas de moradores afetados pela situação. Um deles é o agricultor Marco Aurélio Angeli, 56 anos, que tem protocolos abertos pedindo melhorias nas estradas há mais de um ano. Até o momento, ele não foi atendido. "A comunidade está muito chateada. Agora já faz um mês que não temos recolhimento de lixo e o que nos informaram é que isso está ocorrendo em virtude do mau estado das estradas. Estamos muito tristes", relata.

MANUTENÇÃO

Foto por: Arquivo pessoal
Descrição da foto: Moradores se mobilizaram para melhorar estrada
Para tentar melhorar as condições das vias, os próprios taquarenses tomaram uma iniciativa. Na manhã do último sábado, o vigilante Joel Marcos Morbene, 27, junto com o pai e um vizinho colocaram pedras em um dos trechos mais críticos da Rua Armazém Huff. "Tivemos que fazer isso porque não tinha mais como passar de carro. Neste ponto, já faz uns dois, três anos que a prefeitura não faz manutenção. Não adianta só cuidar da estrada principal e esquecer o resto", comenta.

Sempre o mesmo problema

Para denunciar a situação, um grupo de moradores realizou uma manifestação em uma sessão da Câmara de Vereadores da cidade no dia 20 de maio. Mas, de lá para cá, nada mudou. "Nenhuma atitude foi tomada até agora. Estamos indignados com o descaso com a nossa comunidade. Se o caminhão do lixo não consegue passar, imagina os carros de quem reside aqui na localidade", explica o agricultor Adriel Hoffmeister, 31 anos.

Foto por: Leandro Peiter/Especial
Descrição da foto: SUJEIRA: lixo não é recolhido no local há cerca de um mês

E os prejuízos para os veículos que circulam por essas vias também são recorrentes. "Vivemos na oficina mecânica, porque os carros dão muita manutenção. São danos nos amortecedores, juntas, freios. Andar de motocicleta, nem pensar. Sem contar que temos que passar por isso todos os dias", diz o vendedor Leandro Peiter, 48, que reside na Rua dos Renck. Além disso, a falta de segurança e iluminação pública são outras demandas levantadas pela comunidade local.

O que diz a prefeitura

A prefeitura de Taquara informa que a última manutenção na localidade de Açoita Cavalo ocorreu entre os meses de fevereiro e março. Conforme o Executivo, na oportunidade foram patrolados e ensaibrados os 12 quilômetros da Estrada Geral de Açoita Cavalo. "O município faz a manutenção dos seus 800 quilômetros de estradas por todo o interior em um trabalho diário e ininterrupto. As chuvas ocorridas no final de maio causaram prejuízos em todo o município e a recuperação total infelizmente demanda tempo", descreve por meio de sua assessoria de imprensa.

A administração municipal explica que está consertando os pontos que foram afetados, com um cronograma de execução. Quanto ao recolhimento de lixo, a prefeitura afirmou, por meio de nota, que nos últimos dez dias "pontos isolados da localidade tiveram deficiência, mas isso já está sendo normalizado". "Nos próximos dias, vamos agendar uma reunião com os moradores de Açoita Cavalo, a fim de ouvi-los", concluiu a prefeitura de Taquara, acrescentando que foi realizada a troca de luminárias no local nos últimos meses.


Preencha o formulário e descreva seu problema:
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3553.2020 / 51 992026770
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS