Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Downhill

Mel Brogni é a melhor skatista da região em Barcelona

Hamburguense ficou com a quinta colocação durante o World Roller Games
10/07/2019 15:57

Foto por: Joan Monfot/Divulgação
Descrição da foto: Hamburguense trouxe bom resultado de competição na Espanha
Três skatistas representaram Novo Hamburgo e São Leopoldo no World Roller Games, em Barcelona, na Espanha, no fim de semana passado. Melissa Brogni, Douglas Dalua e Yan Bertinati representaram a Confederação Brasileira de Skate (CBSk) e tiveram boas colocações, embora não tenham alcançado o pódio. A melhor colocada entre os três competidores foi a hamburguense Mel Brogni, que chegou às semifinais e encerrou sua participação com um honroso 5º lugar entre as melhores do mundo na categoria downhill speed. Já os leopoldenses ficaram em posições abaixo, com Bertinati na sétima colocação e o tricampeão mundial Douglas Dalua em 13º, ele que perdeu posições em uma bateria polêmica, na qual liderava quando e teria sofrido um empurrão que o desestabilizou sobre o skate.

Melissa Brogni comentou sobre seu resultado e a importância da competição para dar visibilidade ao esporte. "Foi muito legal, fiquei bem perto de chegar ao pódio. Por não ter tido apoio (financeiro) para poder competir, foi uma conquista muito grande. Estou muito contente com resultado, não sabia que conseguiria chegar tão longe. O evento foi incrível, a organização foi perfeita, foi transmitido pela TV e internet. Não houve acidentes graves, foi um passo muito importante para nosso esporte. Foi a primeira vez que o downhill foi visto como os outros esportes", destacou Melissa.

O evento serviu como uma espécie de apresentação do skate downhill e vertical ao Comitê Olímpico Internacional (COI). A ideia é que as modalidades possam se tornar olímpicas em 2024, na França. Em Tóquio 2020, apenas o park e o street serão disputados. (Gustavo Henemann)

Jornal NH
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3553.2020 / 51 992026770
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS