Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

Novo centroavante

Anilado muda o ataque para enfrentar o Xavante

Leandro Cearense recebe chance do técnico Bolívar para iniciar o jogo deste sábado
25/01/2019 20:21

Foto por: GUSTAVO HENEMANN/GES-ESPECIAL
Descrição da foto: Leandro Cearense vai começar pela primeira vez uma partida oficial pelo Novo Hamburgo
O Novo Hamburgo já tem definido um estilo de jogo e também uma equipe base. Porém devido ao desgaste da sequência de jogos no Campeonato Gaúcho, o técnico Bolívar possui a necessidade de mudar algumas peças entre uma partida e outra. Para enfrentar o Brasil-Pel, às 19 horas de sábado (26), no Estádio Bento Freitas, em Pelotas, pela 3ª rodada do Estadual, a modificação será no ataque. O centroavante Paulinho Simionato passa a bola para Leandro Cearense, que terá a oportunidade de começar jogando pela primeira vez como titular do Anilado.

Contra o Veranópolis, Simionato teve uma boa atuação, fez pivô e finalizou com perigo quando teve chance. Até por isso, Bolívar afirmou nesta sexta-feira que no Noia não há distinção entre titularidade e suplência. "Sempre converso com os atletas e digo que no Novo Hamburgo não tem titulares ou reservas. São todos jogadores que foram contratados e por isso peço que estejam sempre preparados, bem treinados, porque a oportunidade aparece, e até mais pelo desgaste. Tanto o Paulinho quanto o Cearense sabem da importância deles para o grupo", destacou o treinador do Noia.

Bolívar falou ainda sobre a pressão que o adversário terá em campo, pois ainda não venceu no Gauchão. "É um jogo extremamente importante, porque é uma equipe que vem com um ponto, numa pressão muito grande. Precisamos saber usufruir disso. Sabemos que vai ser importante neutralizar o começo da partida, para que os jogadores deles possam ficar um pouco ansiosos e perder o controle do jogo, e para que a gente possa ser decisivo nas oportunidades que tivermos e conseguir um grande resultado", observou Bolívar, que almeja uma vitória, mas não desvaloriza um empate.

O centroavante Leandro Cearense celebrou a chance na equipe titular frente ao Xavante. "Vou ter essa oportunidade. O Paulinho teve dois jogos, foi bem, mas pelo cansaço o professor vai ficar trocando, pois é um jogo em cima do outro, viagem. Estou preparado, venho trabalhando desde dezembro esperando essa oportunidade. É um jogo difícil, o time deles vem pressionado, mas vamos para fazer um grande jogo", projetou Cearense, que busca fazer o primeiro gol pelo Noia.


Treino tático para mostrar possíveis situações

Foto por: FOTOS GUSTAVO HENEMANN/GES-ESPECIAL
Descrição da foto: ESTÁDIO DO VALE: rachão fechou trabalho antes da viagem

Com pouco tempo para treinar, o técnico Bolívar comandou um trabalho leve na manhã de sexta (25) no Vale, e no começo da tarde o time embarcou para o Sul do Estado. Na atividade no gramado principal, o treinador mostrou aos jogadores situações que podem aparecer durante o confronto desta noite em Pelotas. Depois da parte tática, os atletas participaram do tradicional rachão para descontrair antes de um duelo que promete ser nervoso.

Para o zagueiro Fred, que contra o VEC já apresentou maior ritmo de jogo, a partida diante dos pelotenses não será fácil. "Acredito que a gente foi bem (contra o VEC), não levamos gol, é importante passar em branco, foi uma partida bastante concentrada. Agora diante do Brasil-Pel, que disputa uma Série B do Brasileiro, pela apresentação deles ser mais tardia eles talvez ainda estejam em processo de soltar da pré-temporada. É uma equipe acostumada a jogar campeonato gaúcho, com vários jogadores da casa, um jogo difícil, onde a torcida comparece, mas ao mesmo tempo que for passando os minutos a torcida se volta contra. Precisamos saber explorar isso e fazer um jogo de bastante concentração para não sermos surpreendidos", frisou Fred.

 

Aniladas

As categorias 2002 e 2003 do Noia, treinadas por Edinho Rosa, chegaram às fases finais da Copa Teutônia. Na última quinta-feira, os meninos do Noia trouxeram títulos e premiações para o Estádio do Vale.

A 2003, venceu o Trevo nos pênaltis, após empatar por 2 a 2 no tempo normal, com gols de Arthur Lima e Arthur Silva. Nas penalidades máximas, o arqueiro Felipe realizou duas grandes defesas e ajudou a conquistar mais um título para o Novo Hamburgo.

Já a 2002 acabou sendo superada pelo Brasil-Pel e ficou com a segunda colocação, além dos títulos de defesa menos vazada e artilharia da competição com o meia-atacante Ruan Eloy.

O JOGO

BRASIL-PEL

Carlos Eduardo; Hélder, Leandro Camilo, Heverton e Bruno Santos; Leandro Leite, Sousa, Daniel Cruz (Branquinho), Douglas Baggio e Velicka; Luiz Eduardo (Michel). TÉCNICO: Paulo Roberto Santos.

NOVO HAMBURGO

Gustavo; Osvaldir, Luis Gustavo, Fred e Neuton; Amaral, Profeta, Mossoró, Juninho e Bustamante; Leandro Cearense. TÉCNICO: Bolívar.

DETALHES

Local - Estádio Bento Freitas, em Pelotas. Horário - 19 horas. Arbitragem - Éder Zanella, auxiliado por Lucio Flor e Claiton Timm. Transmissão - Rádio ABC.

Jornal NH
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS