Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

Campeonato Gaúcho

Após extremos, Noia faz campanha regular

Anilado vem fazendo um Gauchão dentro da média e almeja a classificação entre os oito
08/02/2019 19:53

Foto por: Inézio Machado/GES
Descrição da foto: Auxiliar Patrício (E) conversa com o treinador Bolívar durante partida do Noia no Gauchão
Se compararmos os três últimos anos do Gauchão com 12 clubes, o Novo Hamburgo vem fazendo uma campanha regular nesta edição do campeonato. Em cinco rodadas, foram duas vitórias, um empate e duas derrotas, num total de sete pontos, com aproveitamento de 46,7%. Em 2017 e 2018, o Noia viveu os extremos nos cinco primeiros jogos. No ano do título estadual, o 100% de aproveitamento ultrapassou as cinco primeiras partidas seguindo até a sexta rodada, somando 18 pontos, num feito histórico. Já no ano seguinte, quando escapou do rebaixamento na última rodada da competição, foram apenas dois pontos (empates) em cinco jogos, sendo que o Anilado acabou vencendo apenas no sétimo jogo do Estadual, num aproveitamento de 13,3%. Nesta temporada, o Noia está a três pontos de igualar a campanha geral de 2018 já na 6ª rodada, sem contar que possui um investimento menor que no ano anterior.

Em 2017, o Noia balançou a rede 11 vezes e sofreu apenas três gols. Já no ano posterior, foram dois gols feitos e nove sofridos em cinco partidas. Na atual temporada, o time de Bolívar levou sete gols e marcou apenas três, o que não agrada tanto devido às várias oportunidades que a equipe vem produzindo nas partidas, mas que ainda não chega a ser um problema.

AVALIAÇÃO

O próximo compromisso do Novo Hamburgo será na segunda-feira, às 20 horas, contra o Pelotas, na Boca do Lobo. Um confronto considerado direto na briga pela continuidade entre os oito melhores da competição, pois ambos os clubes somam sete pontos. O vice-presidente de futebol do Noia, Pitia Bilhar, falou sobre o retrospecto em 2019. "É muito positivo comparado ao ano passado. Contratamos apenas 21 jogadores, um grupo bem homogêneo, uma pena que tivemos essas quatro lesões (Preto, William Schuster, Eduardo Junho e Felipe Profeta), que estão incomodando. Nosso cálculo é fazer 12 pontos para não cair (à Divisão de Acesso), ou seja, precisamos mais cinco pontos em 18 que temos para disputar. Quando atingirmos isso vamos pensar em classificação", destacou Bilhar.

O dirigente ainda falou sobre a expectativa para o duelo com o Lobão. "Vamos encarar com muita seriedade. Queremos trazer pelo menos um ponto de Pelotas. Pontuar é importante, até para ter estabilidade em função do último resultado que não foi legal (derrota para o São Luiz, em ijuí)", completou Pitia Bilhar.


Bola para os atacantes

O vice de futebol do Noia comentou ainda sobre a falta de gols do setor ofensivo da equipe anilada. Nenhum jogador do ataque balançou a rede neste Gauchão. Um dia após o centroavante Leandro Cearense falar sobre o incômodo que está lhe causando o jejum de gols, Bilhar afirmou que este foi um dos focos dos trabalhos da semana. "Temos conversado após os jogos, a bola não está chegando, mas o Bolívar trabalhou ainda mais finalização. A bola tem que chegar. Contra o Caxias, o Cearense deu assistência, mas não chegou nada para ele finalizar. Esse gol está amadurecendo, até por isso pegamos os vídeos para mostrar os erros que viemos tendo", afirmou Bilhar, que reiterou a confiança no trabalho e na sequência do campeonato. "A confiança é total na comissão técnica e jogadores. Estamos dentro do cronograma, mas precisamos seguir fazendo o nosso dever de casa", finalizou o dirigente anilado.

 

Bolívar não esboça time, mas Noia deve mudar

Foto por: INÉZIO MACHADO/GES
Descrição da foto: TREINO: Anilado quer grupo concentrado para jogo em Pelotas

Foto por: Eduardo Bento/ECNH
Descrição da foto: TREINO: Anilado quer grupo concentrado para jogo em Pelotas
O treinador Bolívar ainda não definiu o time que enfrenta o Pelotas, pelo menos não esboçou em campo a provável escalação para o jogo de segunda-feira. Entre as possibilidades, o atacante Kelvin pode ganhar uma oportunidade na equipe, entrando na vaga do paraguaio Héctor Bustamante. Outra modificação que ocorre naturalmente é a entrada do lateral-esquerdo Fabinho no lugar de Neuton, suspenso pela expulsão diante do São Luiz na rodada passada.

O zagueiro Luis Gustavo não falou sobre as mudanças na equipe, mas quer o time focado para o duelo com os pelotenses. "Assim como em toda a pré-temporada e agora durante a competição, vamos manter a intensidade e entrega para chegar em Pelotas e realizar um grande jogo. Precisamos voltar a pontuar e subir na tabela, estamos a cada dia conversando e ajustando detalhes para este confronto", pontuou. "Vai ser um duelo complicado, trata-se de um time de muita força e de pegada. Será mais um jogo difícil", ressaltou o atleta. O Noia volta a treinar na tarde deste sábado, no Estádio do Vale. A viagem para Pelotas ocorre no domingo após o almoço.

Aniladas

A comissão técnica do Noia já está de olho no número de jogadores pendurados com dois cartões amarelos. Contra o Pelotas, cinco titulares estão pendurados, são eles Gustavo, Osvaldir, Fred, Luis Gustavo e Amaral, e se levarem o terceiro cartão estarão fora do confronto com o São José, marcado para o dia 17, às 17 horas, no Estádio do Vale, pela 7ª rodada do Gauchão.

No treino desta sexta-feira, o volante William Schuster seguiu os trabalhos recuperação da lesão na coxa direita, e está próximo de ser liberado pela fisioterapia. O jogador pode ser a novidade para o duelo com o Zequinha.

O zagueiro Eduardo Junho passaria nesta tarde por uma nova ressonância para saber da gravidade da lesão no tornozelo. O Noia pensa até em reforçar o elenco com mais um jogador para a função ou lateral esquerda, visto que Neuton - suspenso contra o Pelotas - também pode atuar na zaga.

 

Jornal NH
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS