Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Foco na saúde dos homens

Novembro Azul alerta para prevenção e combate ao câncer de próstata

Doença é o segundo tipo mais comum entre o público masculino
08/11/2018 10:45 08/11/2018 10:47

Foto por: Bianca Dilly/GES-Especial
Descrição da foto: Santos mudou hábitos, inclusive a alimentação
Novembro Azul. Azul da seriedade, que é a maneira como deve ser encarada a saúde dos homens. Depois do Outubro Rosa, este é o mês voltado para a prevenção e o combate ao câncer de próstata, segundo tipo mais comum entre o público masculino, perdendo apenas para o de pele não-melanoma.

Só neste ano, a estimativa do Instituto Nacional de Câncer (Inca) é de que sejam mais de 68 mil casos diagnosticados no Brasil. Em Novo Hamburgo, foram registradas 18 mortes em virtude de câncer de próstata em 2017 e, neste ano, até setembro, esse número já chegou a 15 óbitos. Nesse sentido, foi lançada a campanha mundial, que também se estende para a região.

A doença tem cura e as chances crescem quando o diagnóstico é feito precocemente. Um dos exemplos de que é possível vencer a luta contra o câncer de próstata é o do porteiro Algemiro Mello dos Santos, 65 anos. Com a frase “eu nasci de novo” que ele descreve o que passou nos últimos anos. E, de fato, a vida do hamburguense mudou muito desde 2016. Mudaram os hábitos, o acompanhamento com médicos e o olhar para a importância dos cuidados com a saúde.

Foi justamente em um Novembro Azul que Santos descobriu o câncer de próstata. Um ano depois, no mesmo mês, ele realizou o último procedimento cirúrgico necessário para tratar a doença. E, agora, em 2018, diz que está tudo normal de novo: segue trabalhando, viajando e se divertindo, sempre ao lado da família e dos amigos. Atualmente, ele realiza idas ao médico a cada seis meses e continua recebendo o apoio da Liga Feminina de Combate ao Câncer de Novo Hamburgo.

Sintomas

De acordo com o cirurgião geral e oncológico Carlos Antonello, assim como todos os tipos de câncer, o de próstata também é uma doença silenciosa, que normalmente não apresenta sintomas. O médico destaca que por vezes pode apresentar sintomas como dor para urinar, sangramento na urina, acordar várias vezes para urinar, que, da mesma maneira, são indicativos semelhantes ao da doença benigna da próstata. Em casos avançados, Antonello ressalta que podem apresentar dor óssea.

Prevenção

O risco de câncer de próstata e outras doenças crônicas pode ser diminuído a partir de algumas atitudes, conforme Antonello. Uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais, e com menos gordura, principalmente as de origem animal, estão entre as ações necessárias para a prevenção. Além disso, outros hábitos saudáveis também são recomendados, como fazer, no mínimo, 30 minutos diários de atividade física, manter o peso adequado à altura, diminuir o consumo de álcool e não fumar.

Tratamento

Sobre o tratamento, o cirurgião pontua que tudo depende do estágio da doença. “Pode ser empregada a cirurgia e a radioterapia nos estágios iniciais, bem como a quimioterapia e hormonioterapia nos estágios avançados”, explica. Conforme Antonello, o câncer de próstata apresenta geralmente um crescimento lento. “Existem determinadas circunstâncias onde há tumores com biologia molecular menos agressiva, em que também pode-se apenas realizar o tratamento expectante, isto é, acompanhar a doença, sem iniciar tratamento específico”, acrescenta.


Jornal NH
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS