Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
São Leopoldo

Homem invade oficina para matar e acaba executado com 10 tiros

Fato aconteceu na tarde de quarta-feira na Avenida Mauá, no bairro Santos Dumont
08/11/2018 10:52 08/11/2018 11:54

Foto por: Polícia Civil/Divulgação
Descrição da foto: Fato aconteceu na tarde de quarta-feira na Avenida Mauá, em São Leopoldo

Uma troca de tiros dentro de uma oficina mecânica às margens da Avenida Mauá assustou moradores do bairro Santos Dumont no final da tarde de quarta-feira (7), em São Leopoldo. O fato terminou com um homem morto e outro baleado. Outros dois envolvidos na ocorrência conseguiram fugir.

Segundo testemunhas, por volta das 18 horas o proprietário de uma motocicleta, de 28 anos, chegou ao local para conserto do veículo. Instantes depois, três homens invadiram o local atirando contra ele, que reagiu. Mesmo ferido, o alvo dos criminosos conseguiu balear um dos suspeitos que acabou morrendo no local. Os outros dois comparsas dele fugiram, sem levar nada.

O homem que faleceu no local tinha o rosto coberto por uma touca ninja. Ele foi identificado como Samuel Lima da Rosa, de 19 anos. Conforme a Polícia, da Rosa foi executado com 10 tiros. 

O alvo dos atiradores, foi ferido e socorrido por moradores próximos ao Hospital Centenário, onde passou por procedimento cirúrgico. Até a manhã desta quinta-feira (8), o estado de saúde dele não havia sido informado.


O caso é investigado pela Delegacia de Polícia de Homicídios (DPH). Segundo o chefe do setor de investigações da DPH, Odilei Betanin, o homem internado no hospital havia deixado o presídio recentemente. Ele possuía antecedentes por tráfico e também por dois homicídios ocorridos em 2010 na Vila Brás.

A motivação do crime ainda é apurada. Informações que possam auxiliar na elucidação do caso ou na identificação dos outros dois suspeitos podem ser repassadas à DPH por mensagens no Whatsapp 98590-0522.


Tiros e movimentação assustaram quem passou pelo local

Atendente em uma loja de calçados, uma mulher de 30 anos que prefere não ser identificada voltava do trabalho quando viu a movimentação próximo a oficina mecânica. “Quando passei pelo local, me disseram que tinha acabado de acontecer o crime. Entrei em pânico. Só pensava que podia ter sido vítima de uma bala perdida”, diz.

Um morador próximo, que também prefere manter a identidade em sigilo, diz ter ficado assutado com os tiros. “Um caso desses em plena luz do dia, em uma rua movimentada como a Mauá é de deixar qualquer um apavorado”, afirma.



Jornal NH
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS