Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Guernsey

Encontrado avião que levava jogador Emiliano Sala, dizem autoridades

De acordo com o canal de televisão Sky News, a aeronave está no fundo do Canal da Mancha
03/02/2019 20:31

Os serviços de resgate encontraram o avião desaparecido há duas semanas no Canal da Mancha, no qual o jogador de futebol argentino Emiliano Sala e um piloto viajavam, informou a Agência britânica de Investigação de Acidentes Aéreos (AAIB) à AFP neste domingo (3).

"Posso confirmar que foi encontrado", disse uma porta-voz, em alusão ao avião monomotor que desapareceu dos radares em 21 de janeiro sobre o Canal da Mancha e cerca de vinte quilômetros ao norte de Guernsey.

A porta-voz não deu detalhes sobre onde e quando a aeronave foi localizada, indicando apenas que a AAIB irá divulgar um comunicado na manhã de segunda-feira (2).

David Mearns, cuja empresa Blue Water Recoveries foi contratada pela família do jogador para conduzir as buscas submarinas, informou no Twitter que o aparelho havia sido "localizado na manhã de domingo", pouco depois do início da missão.

De acordo com o canal de televisão Sky News, a aeronave está no fundo do Canal da Mancha.

Emiliano Sala, de 28 anos, e o piloto David Ibbotson, de 59, deixaram a cidade de Nantes (no oeste da França), cidade onde o argentino havia jogado nos últimos anos e iam para Cardiff, no País de Gales. O atleta havia assinado um contrato com o novo clube.

Na quarta-feira, a AAIB havia anunciado que destroços de dois assentos que "provavelmente" seriam do avião desaparecido haviam sido encontrados em uma praia da comuna francesa de Surtainville, no departamento da Mancha.

No dia 26 de janeiro, a família do jogador anunciou que havia contratado um serviço privado de busca submarina depois que as autoridades britânicas abandonaram as operações, alegando serem "ínfimas" as chances de Sala e o piloto terem sobrevivido.


Jornal NH
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS