Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Em parada de ônibus

Ataque com faca a crianças deixa dois mortos e 17 feridos no Japão

Menina e homem morreram no atentado em massa em Kawasaki
28/05/2019 09:04

Foto por: BEHROUZ MEHRI/AFP
Descrição da foto: Polícia forense analisa cena do crime
Um adulto e uma menina morreram nesta terça-feira (28) em um ataque com faca em Kawasaki, Japão, que deixou ainda 17 feridos, incluindo alunos de uma escola primária.

"Um homem e uma menina já não apresentam sinais vitais", disse Yuji Sekizawa, do Corpo de Bombeiros, utilizando uma expressão comum no Japão que significa que as vítimas morreram. O falecimento foi confirmado posteriormente por médicos.

Segundo os bombeiros, outras 17 pessoas ficaram feridas no ataque, ocorrido próximo à estação local de trens.

"Um homem os esfaqueou. Recebemos um chamado de emergência (...) afirmando que quatro estudantes de uma escola primária estavam feridos", disse Dai Nagase, porta-voz do departamento de Bombeiros de Kawasaki. "É um incidente terrível", declarou o porta-voz do governo Yoshihide Suga.

A polícia informou que um homem foi detido, mas a rede de televisão NHK revelou que o suspeito se esfaqueou. Uma testemunha disse à NHK que viu "um homem com uma faca". "Não foi possível vê-lo claramente, mas aparentemente feriu a ele mesmo com a faca".

A NHK noticiou que duas facas foram encontradas no local. Imagens de TV mostraram numerosos automóveis da polícia, ambulâncias e carros de bombeiros. Barracas para o atendimento de emergência foram instaladas no parque próximo.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que os americanos "estão com o povo do Japão" e manifestou "nossas orações e nossa simpatia às vítimas do ataque". Os americanos lamentam "pelas vítimas e por seus familiares".

Um homem disse à NHK que escutou o barulho das ambulâncias e viu "que havia uma pessoa "caída no chão, sangrando, próximo a uma parada de ônibus". A mesma testemunha revelou que em "outra parada de ônibus, muito próxima de uma escola primária", viu alunos caídos. "Este é um bairro muito tranquilo, é assustador que isto possa acontecer".

O Japão tem uma das menores taxas de crimes violentos entre os países desenvolvidos e os ataques em massa são extremamente raros. Os casos conhecidos geralmente são praticados com armas brancas.

Jornal NH
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3553.2020 / 51 992026770
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS