Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
JACKSON BUONOCORE

O respeito baseado no medo

10/01/2019 09:00

Jackson César Buonocore é sociólogo e psicanalista buonocorejcb@gmail.com Os indivíduos autoritários são herdeiros da cultura patriarcal, pois não concordam com valores diferentes dos seus e nem querem saber de alguma ideia oposta às suas. Eles acreditam que estão em cima de um pedestal e fazem isso em nome da tradição, família e propriedade.

Além disso, esses indivíduos têm uma tendência ao sadismo, que precisa "vampirizar" as pessoas, necessitando delas para nutrir os seus sentimentos de força, que vêm do fato de serem senhores de alguém.

Para eles, não interessa a capacidade das pessoas, porque acham que estão acima de todos. E, para tanto, vão colocar na "lista de inimigos" aqueles que ousam questioná-los. Esses indivíduos ocupam papéis sociais relevantes no meio público e privado.

Porém, eles têm uma visão de mundo rígida, que busca oprimir quem está sob sua autoridade. Uma outra coisa que é vital para esses sujeitos, não é só o controle absoluto de outrem, mas ainda dominar os pontos mais vulneráveis das pessoas.

As sequelas emocionais causadas nas relações com esses sujeitos têm levado algumas pessoas ao adoecimento, inclusive a cometer suicídio. E outras, após anos de sofrimento, buscam ajuda terapêutica, para curar os traumas gerados no convívio com gente assim.

Portanto, se prevermos como funciona a mente desses sujeitos, teremos condições de lidar com eles. Aliás, os pilares que escoram essas personalidades são fragilíssimos, já que o poder que eles têm é irracional e desprovido de bom senso.

Enfim, o melhor caminho é desarticular as formas autoritárias, que humilham a pessoa humana, encorajando uma convivência democrática baseada na racionalidade e no equilíbrio. É como disse o escritor Albert Camus: "Nada é mais desprezível que o respeito baseado no medo."


Jornal NH
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS