Publicidade
Acompanhe:
NH Hoje
Opinião Heda Seffrin

A celebração das bodas

Por Heda Seffrin é cons. de etiq. e gastronomia heda@artecozinha.com.br
Última atualização: 14.03.2019 às 09:00

Heda Seffrin é cons. de etiq. e gastronomia heda@artecozinha.com.br  As festas de bodas são sempre emocionantes. Um termo que vem do latim "vota" e quer dizer promessa, uma renovação solene e, por isso, motivo de festa todos os anos. Para os casais felizes, todas as datas e aniversários são importantes. Os primeiros anos de casamento são geralmente festejados na intimidade, com programa a dois, mas, a partir das bodas de prata, estas festas assumem caráter social. É quando a comemoração exige mais brilho e mais destaque, não só da família, como dos amigos convidados.

As bodas de prata marcam a primeira das grandes bodas como marco de estabilidade da vida do casal. O ritual de todas as bodas é habitualmente o mesmo. A diferença está nas datas e nas alianças, na emoção do casal, dos filhos, mas o protocolo é igual. Hoje, a mulher de 45 a 50 anos ou mais comparece às suas bodas de prata lindíssima e cheia de charme.

Os convites são feitos em nome dos filhos, são eles que oferecem a festa, organizam a recepção. Devem receber os convidados e fazer as honras. Os homenageados são os pais. Não existem trajes especiais para essa ou aquela boda e sim, que todos estejam vestidos de acordo com a solenidade. O cortejo processa-se segundo a tradição, isto é, o casal entra um pelo braço do outro. É uma maneira bonita de iniciar o cortejo, seguido pelos filhos, noras, genros e netos.

Nas bodas de ouro, alguns preferem deixar os netos à frente, outros preferem ser seguidos pela família, indicando a sequência das gerações. Os cumprimentos em festa de bodas não são recebidos na igreja, e sim no local da recepção. É uma grande festa da família. O que importa mesmo na festa de bodas é a alegria de uma vida completa, em que nada faltou tanto na simplicidade como na fartura, a alegria dos filhos criados, a família unida. Depois seguem as bodas de diamantes (60 anos) de muita felicidade!

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.