Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Flávio Fischer

Heróis do Brasil

21/06/2019 14:55

Flávio Fischer

Flávio Fischer é tabelião e presidente da Fundação Semear
flavio@fischer.not.br

Assistindo à polêmica do melhor jogador brasileiro de futebol dos últimos anos, que desviou todos os holofotes da imprensa para aquela história de Paris e saiu escorregando da Copa América diretamente para a Delegacia de Polícia do Rio de Janeiro, fico me questionando onde estamos colocando nossas esperanças de alegria e que tipo de valores nosso povo tem cultuado. Não quero me posicionar sobre o caso, até porque é fácil ficar julgando as pessoas sentado no sofá da nossa casa, mas tive um sentimento de frustração ao ver pela televisão muitas crianças na frente da delegacia gritando pelo seu ídolo que afinal de contas, culpado ou não, estava indo dar um depoimento sobre um escândalo sexual. Aí fiz uma busca rápida na memória sobre os feitos daquele "herói" e vi que há tempos ele não tem sido merecedor de admiração. Há tempos ele não tem dado motivos de orgulho e alegria. Ele não é um exemplo a ser seguido por nenhuma criança, salvo pela fortuna que gerou. A sua postura deveria ser de um esportista dedicado, de um atleta disciplinado e que preze pela sua imagem e pelo que representa mundo afora perante fãs de todas as idades, e que para tanto pode ser muito bem remunerado. Mas essa postura, aparentemente sem limites, quebra todo o discurso de um pai e de uma mãe sobre plantar, dedicar tempo, respeitar as pessoas para aí então merecer e colher os frutos proporcionalmente a sua dedicação.

Quando seguimos valorizando os feitos de heróis sem valores, desqualificamos todos os pequenos gestos diários de milhares de heróis que fazem nosso País seguir de pé, devagar, mas avançando. O que quero dizer com isso é que heróis mesmo somos nós brasileiros, que acordamos todos os dias para tentar fazer o nosso melhor em meio ao caos. Herói é o empresário que chega esfarrapado no final do ano e por algum milagre consegue honrar o 13º salário dos funcionários sem que sobre nada para si mesmo. Herói é aquela mãe que acorda de madrugada para entrar na fila da vacina para seus filhos. Heróis são todos aqueles que perseveram em suas vidas, sonhando em assegurar um plano de saúde para a sua velhice. Bráulio Bessa bem disse em seu poema: Eu acredito em heróis de carne, osso e suor. Heróis que acertam e que erram. Heróis de uma vida só. Heróis de alma, de corpo. Que um dia vão virar pó. Os verdadeiros heróis vivem histórias reais. Não são estrelas famosas. Não estampam os jornais. São como eu, como você, seres humanos mortais. É aquele professor que ensina um aluno a ler. Alguém que mata a fome de quem não pode comer. Herói é quem faz o bem sem nenhum superpoder. É aquele que trabalha todo dia honestamente. O agricultor no campo debaixo de um sol quente. É o médico no consultório salvando seu paciente. É um bom policial arriscando a própria vida para que a sociedade esteja bem protegida. É um voluntário na guerra distante da sua terra cuidando de uma ferida. É quem dá um bom conselho a quem está desesperado. É quem indica um emprego para quem está desempregado. É quem simplesmente abraça quem tem que ser abraçado. Herói é a diferente luta pela igualdade, é quem cobra dos políticos respeito e honestidade e quem enfrenta a mentira com o poder da verdade. Não espere por medalhas e homenagens de ninguém. A consciência tranquila de que você fez o bem é muito mais valiosa do que os aplausos de alguém. Para ser super-herói não precisa voar, nem ser imortal. Essa vida vai passar e cada gesto seu vai lhe imortalizar. Afinal, o herói sou eu e é você. É essa gente do bem que peleja todo dia para se salvar também. Que entende que a união talvez seja a solução. E que isso nos conforte. O nosso povo unido, consciente e destemido é um herói muito mais forte.

Jornal NH
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3553.2020 / 51 992026770
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS