Publicidade
Acompanhe:
NH Hoje
Notícias | País Vazamentos

'Moro me garantiu que não houve desvio de conduta', diz líder do governo no Congresso

Deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) conversou com o ministro da Justiça nesta segunda-feira

Por Estadão Conteúdo
Última atualização: 10.06.2019 às 13:05

Foto por: Câmara dos Deputados
Descrição da foto: Deputada (PSL-SP) Joice Cristina Hasselmann
A líder do governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), contou que conversou na manhã desta segunda-feira (10) com o ministro da Justiça, Sergio Moro, e disse que este lhe garantiu que não há qualquer desvio de conduta legal ou moral nas mensagens que teria trocado com procuradores da Lava Jato e foram publicadas no domingo (10) pelo site The Intercept

"É cedo para tomar qualquer posição em relação a esse assunto, mas conversei com o ministro Sergio Moro e ele me garantiu que não há qualquer desvio de conduta legal ou moral, e que as mensagens foram colocadas fora de contexto. Temos de esperar para ver o que vai acontecer, mas credito na palavra de Moro", disse a deputada a jornalistas, depois de participar da abertura do 8º Congresso Brasileiro de Inovação da Indústria, que ocorre em São Paulo e é organizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Joice disse que perguntou a Moro sobre cada uma das mensagens divulgadas pelo The Intercept, mas afirmou que ele lhe disse que poderia ficar "absolutamente tranquila". A deputada afirmou também que não confia no site. De qualquer maneira, pregou cautela. "As informações serão colocadas a público, para sabermos o que realmente aconteceu", afirmou.

No domingo, o site divulgou o suposto conteúdo de mensagens trocadas pelo então juiz federal Sergio Moro e por integrantes do Ministério Público Federal, como o procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa em Curitiba.

As conversas mostrariam que Moro teria orientado investigações da Lava Jato por meio de mensagens trocadas no aplicativo Telegram. O site afirmou que recebeu de fonte anônima o material. O The Intercept tem entre seus fundadores Glenn Greenwald, americano radicado no Brasil que é um dos autores da reportagem. De acordo com o site, há conversas escritas e gravadas nas quais Moro sugeriu mudança da ordem de fases da Lava Jato, além de dar conselhos, fornecer pistas e antecipar uma decisão a Dallagnol.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.