Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
#VazaJato

Jurista citado por Dallagnol acredita que Lula pode ser solto

Lenio Streck diz que mensagens colocam processo em suspeição
10/06/2019 15:09 10/06/2019 15:10

Foto por: Reprodução/ Facebook
Descrição da foto: Lenio Streck teve nome citado nos trechos de conversas vazadas
Citado em um dos trechos das conversas divulgadas pelo Intercept Brasil pelo procurador Deltan Dallagnol com o então juiz Sérgio Moro, o advogado, pós-doutor em Direito e professor de Direito Constitucional da Unisinos, vê elementos na troca de informações entre os responsáveis da operação Lava-Jato para a nulidade dos processos. Para ele, isso pode culminar com a soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

"Claro que sim. Todos os elementos maiores e o que não sabemos o que está por vir indicam que o juiz estava suspeito. A defesa do ex-presidente levantou várias vezes essa suspeição e não conseguiu comprová-la. Agora, pelo jeito há provas neste sentido", disse em entrevista ao ABC Agora 2ª Edição desta segunda-feira (10).

Streck criticou a postura dos envolvidos, dizendo que juiz e promotor não podem "torcer para um lado", rebateu o fato de ser chamado de "jurista" com o uso de aspas pelo procurador e questionou se no lugar de Dallagnol fosse Cristiano Zanin, advogado do ex-presidente Lula. "Não seria o escândalo maior da república? E porque com o procurador não é?".

Ouça a entrevista na íntegra

Jornal NH
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3553.2020 / 51 992026770
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS