Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Reconhecimento

Repórter do Jornal NH recebe menção honrosa em prêmio de Direitos Humanos

Reportagem "102 dias preso por estupro inventado", publicada no ABC Domingo, ficou entre os melhores trabalhos
06/12/2018 13:18

O repórter e editor de Polícia do Jornal NH, Silvio Milani, figurou entre os vencedores do 35º Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo 2018. A divulgação dos resultados saiu na última segunda-feira, dia 3. O foco da premiação era sobre o impacto das notícias falsas na vida das pessoas. Dentro deste contexto, Milani recebeu menção honrosa na categoria Reportagem por seu trabalho em "102 dias preso por estupro inventado", publicado dia 15 de julho, no ABC Domingo. O jornalista do Grupo Sinos concorreu junto a 29 reportagens de grandes veículos de imprensa brasileiros. "O papel do jornalista deve ser a busca incessante da verdade, como forma de contribuição para uma sociedade melhor. Denunciar injustiças e cobrar os responsáveis é inerente a nossa atividade profissional. Acredito que esse prêmio, um dos mais cobiçados do País, seja um reconhecimento aos nossos esforços por um jornalismo sério e comprometido com a sociedade", disse Milani.

Foto por: Inézio Machado/GES
Descrição da foto: Reportagem relatava história de empresário estanciense condenado inicialmente a dez anos por suposto crime de estupro

A reportagem relatava a história de um empresário estanciense condenado inicialmente a dez anos por suposto crime de estupro. Após ingressar com recurso da decisão, o Judiciário entendeu que as provas eram "fantasiosas" e o inocentaram da acusação de abusar sexualmente de uma adolescente de 15 anos. Ao longo da entrevista, o empresário detalha momentos de angústia que viveu na prisão e como provou a falsidade dos depoimentos prestados pela suposta vítima e suas testemunhas.

Organizadores

A premiação é concedida pelo Movimento de Justiça e dos Direitos Humanos (MJDH), em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil do Rio Grande do Sul (OAB-RS), tendo apoio da Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Rio Grande do Sul (Arfoc-RS) - e da Caixa de Assistência dos Advogados do RS.


Jornal NH
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS