Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Trânsito

PRF desmente boato sobre instalação de radares na BR-116

Mensagem que circula pelo WhatsApp deixou motoristas em alerta
11/03/2019 19:42 14/03/2019 10:07

Foto por: Arquivo/GES
Descrição da foto: Mensagem que circula pelas redes sociais foi negada pela PRF
Uma mensagem que circula pelos grupos de Whatsapp há quase um mês deixou de sobreaviso motoristas que trafegam pela BR-116, na região metropolitana. O texto alerta para uma suposta instalação de dois radares, um no sentido interior-capital, em Canoas, e outro, no sentido capital-interior, próximo ao Atacadão, em Sapucaia do Sul. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), tudo não passa de um boato.

De acordo com o inspetor Alessandro Castro, da PRF, a mensagem não passa de um boato sem fundamento, porque não há previsão de instalação de radares na rodovia entre Porto Alegre e São Leopoldo.

Embora não haja confirmação de instalação dos pardais, o motorista que trafega pelos locais citados na mensagem percebe que foram instalados, ao lado da rodovia, postes com altura semelhante à que costuma ser utilizada nos radares fixos. Não se sabe, ainda, para qual finalidade: se serão destinados para controle do tráfego, instalação de câmeras ou sinalização viária.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) informou que estão sendo reavaliados todos os pontos de instalação de pardais na malha federal em conjunto com a PRF. "Somente funcionarão radares em locais onde seja indispensável seu emprego tecnicamente. Serão priorizados locais de grande volume de acidentes em razão de excesso de velocidade e em travessias de pedestres (exemplo: proximidade de escolas). O DNIT ainda esclarece que em razão da reavaliação da quantidade de radares, não estará informando quantos foram/serão desligados ou que estão em funcionamento em todos os Estados."



Jornal NH
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS