Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
No bairro Operário

Ladrões usam caminhão para furtar R$ 800 mil em cabos de cobre

Grande número de pessoas teria participado da ação criminosa
15/04/2019 14:49

Um comerciante foi surpreendido na noite de domingo (14), após ser comunicado de um furto em sua loja de materiais elétricos, no bairro Operário, por volta das 22h30. O grupo de criminosos teria arrombado uma porta dos fundos da loja e usado um caminhão, estacionado em frente ao estabelecimento, para carregar as mercadorias furtadas e fugido em seguida.

Segundo o registro policial, um vizinho ligou para a empresa que presta o serviço de segurança privada no local, para informar sobre uma ação suspeita na loja. Esse vizinho teria visto um caminhão baú branco estacionado em frente a loja e um grande número de pessoas entrando no estabelecimento, sem se importar em serem flagrados.

Segundo o empresário Anderson Selbach, 38 anos, os assaltantes arrombaram a porta dos fundos e desativaram o alarme do local. Eles também levaram toda a aparelhagem que realiza o monitoramento de vídeo da loja. “Foi uma ação muito organizada deles, já que usaram inclusive um caminhão para carregar a mercadoria. Pelo que soubemos até agora, eram muitas pessoas”, avaliou.

Além de levarem seis notebooks, os criminosos levaram o dinheiro do caixa e focaram principalmente nas bobinas de cabos de cobre. “Eles focaram nesses itens que tem um valor agregado bem alto para revenderem”, explica.

O prejuízo é estimado em mais de R$ 800 mil, devido ao alto valor agregado aos cabos. Em oito anos de existência da loja, é a primeira vez que o local registra algum crime. “A sensação é de oito anos perdidos”, lamentou.

Imagens de câmeras de monitoramento de prédios vizinhos devem auxiliar na identificação do caminhão e dos grupo que participou da ação. A Polícia Civil deve investigar o caso.

Jornal NH
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3553.2020 / 51 992026770
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS