Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Despedida

Corpo de Seu Verardi será velado na Arena a partir das 14 horas

Funcionário mais antigo do Tricolor gaúcho morreu na madrugada desta quarta-feira (24), vítima de câncer
24/04/2019 11:26

Foto por: Reprodução/ Grêmio
Descrição da foto: Antônio Carlos Verardi dedicou mais de cinco décadas ao Tricolor gaúcho
"A gente só quer lembrar do quanto ele foi importante na memória e na formação do Grêmio." Essas são palavras do presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr., sobre a morte Antônio Carlos Verardi, de 84 anos. Seu Verardi, funcionário mais antigo do Tricolor gaúcho morreu na madrugada desta quarta-feira (24), vítima de câncer. Ele dedicou 54 anos de vida ao time do coração.

"Todos que passaram pelas mãos de Verardi tinham um carinho muito grande por ele. Para o Renato, era como uma espécie de guardião, de pai, de pessoa responsável por ele", afirmou Bolzan, antes de embarcar, no Paraguai, com a delegação gremista após a vitória sobre o Libertad, pela Libertadores.

Leia todas as notícias do Grêmio

O velório de Seu Verardi será na Arena, a partir das 14 horas desta quarta-feira. A cerimônia de despedida ocorrerá às 20 horas. O corpo dele será cremado.

Em nota de pesar, o Grêmio destacou os 54 anos de dedicação ao clube e diz que Verardi era "adorado por atletas, dirigentes e colegas de trabalho por sua competência, fidalguia e discrição"."Seu Verardi criou com o Grêmio uma identificação única, que se mistura com a própria história do Clube", completa o texto, que também se solidariza com a família, amigos e torcida.

Como tudo começou

Foto por: Lucas Uebel/ Grêmio
Descrição da foto: Seu Verardi, como é conhecido, lançou, em dezembro passado, o livro "Seu Verardi e Grêmio - uma história de amor"
Verardi desembarcou no Estádio Olímpico em 1965, aos 31 anos, para assumir a Comissão de Obras trazido pelas mãos de Fernando Kroeff (Patrono do Clube). Antes disso, já havia atuando pelas categorias de base, mas não vingou como atleta. Um mês depois, a pedido do presidente Mário Antunes da Cunha, aceitou o cargo de Gerente Geral, função que exerceu até 1974. Com nove anos de experiência no cargo, recebeu o desafio de assumir a função de diretor de futebol, quando começou a ter mais contato com o vestiário.

De diretor a supervisor, não demorou muito. Em 2005, Verardi se aposentou, mas seguiu se dedicando ao Clube como superintendente de futebol, responsável pela logística do grupo profissional. Foi assim até o final. Enquanto a saúde permitia, chegava cedo para trabalhar no CT Luiz Carvalho sendo um dos últimos a sair. Até mesmo nos dias de folga ou finais de semana, Seu Verardi era encontrado nas dependências do Grêmio.

No fim do ano passado, ele lançou o livro "Seu Verardi e Grêmio - uma história de amor” que reúne as memórias das mais de cinco décadas dedicadas ao Grêmio.


Jornal NH
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3553.2020 / 51 992026770
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS