Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Crime aconteceu em 2014

Preso terceiro condenado por sequestro de empresário hamburguense em Campo Bom

Victor Adriel Nunes foi preso em casa no bairro Canudos
25/04/2019 11:14 25/04/2019 11:41

Foragido há 1 anos e 5 meses, o terceiro condenado pelo sequestro de um empresário hamburguense foi preso em casa, no bairro Canudos, na manhã desta quarta-feira (24). Victor Adriel Nunes foi localizado em sua residência, na Rua Joaquim Oliveira, por volta das 7 horas de ontem. Ele foi condenado a 8 anos de prisão por sequestro e cárcere privado.

Relembre o caso

O lojista Everton Fabio Klein, 32 anos, foi sequestrado em Campo Bom, na manhã da quinta-feira, dia 13 de março de 2014, e ficou cerca de oito horas em poder dos criminosos. A quadrilha começou a ligar para o pai da vítima e exigiu R$ 500 mil de resgate. O dinheiro não foi pago. Klein conseguiu fugir do cativeiro no fim da tarde. Sem saber que o refém tinha escapado, sequestradores continuaram telefonando no decorrer da noite.

Dois foram presos na época. Um deles foi amigo de infância e funcionário na loja da família Klein, a Latina Haus, de tapeçaria e decoração, no Centro de Novo Hamburgo.

A quadrilha armou uma emboscada para Klein. Um criminoso ligou para a loja, passando-se por cliente, e pediu orçamento de piso laminado. O endereço: Rua 11 do bairro Firenze, em Campo Bom. O lojista foi dominado no beco, colocado em um Gol e levado ao primeiro cativeiro, na Rua Novo Hamburgo, no Imigrante Norte. No meio da tarde, sempre com os olhos vendados, algemado e amordaçado, Klein foi amarrado em uma árvore em matagal perto da RS-239, no Quatro Colônias. “Acho que a intenção deles era me deixar a noite toda naquele lugar. Tive sorte de conseguir escapar.”

Enquanto policiais civis revistavam a casa que serviu de cativeiro, à noite, a vítima aguardava na frente, dentro de uma caminhonete do Deic. Ele revelou que reconheceu pela voz o ex-funcionário da empresa logo que foi colocado no carro dos sequestradores. “Nunca pensei que seria sequestrado por um amigo”, declarou Everton Fabio Klein.

Jornal NH
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3553.2020 / 51 992026770
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS