Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Crime

Preso em Porto Alegre professor com milhares de fotos e arquivos de pornografia infantil

Homem de 52 anos seria um dos maiores consumidores de pornografia infantil do Estado
09/05/2019 15:57 09/05/2019 20:26

Polícia Civil/Divulgação
Apuração: muito material recolhido na casa do professor de música
Uma longa investigação coordenada pela Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA) de Canoas resultou na prisão, na manhã desta quinta-feira (09), de um homem classificado como um dos maiores consumidores de pornografia infantil do Estado. Foram meses de investigação até que a Polícia Civil o localizasse em sua mansão, no bairro Teresópolis, na zona sul de Porto Alegre.

Conforme a Polícia, o homem de 52 anos é professor de música de crianças, o que fez com que fosse agilizada sua prisão preventiva. "Ele tinha vasto material. Eram milhares de fotografias, vídeos e filmes de crianças entre 4 e 8 anos em atos sexuais", explica o delegado Pablo Queiroz da Rocha. "É um dos casos mais impressionantes que peguei na minha carreira", disse. "Já flagramos casos envolvendo pornografia com crianças até onze anos, mas aqui estamos falando de criancinhas de quatro e cinco anos", aponta.

De acordo com a Polícia, o homem não só colecionava o material, como também o compartilhava na internet, em grupos fechados. "Tinha muito material no HD do computador dele, mas não só isso. Acabamos descobrindo que ele difundia pornografia infantil com outras pessoas há muito tempo", conta Rocha. "Só isso já nos garantiu uma prisão inafiançável."

O homem capturado é solteiro e não tem filhos. "Ele é rico e vivia sozinho em uma enorme residência. Era uma mansão mesmo", aponta Rocha. "Não encontramos nada na casa que pudesse apontar que este homem já tenha levado alguma criança para o endereço, porém é preciso deixar claro que, qualquer pessoa que coleciona e divulga pornografia infantil, é um pedófilo em potencial", adverte. "Quer dizer, ele pode não ter encostado nunca em uma criança, mas sente muita vontade. E por isso representa um perigo."

Jornal NH
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3553.2020 / 51 992026770
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS