Olá leitor, tudo bem?

Use os í­cones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, ví­deos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Violência

Esteio volta a registrar homicídio após quase três meses

Caso mais recente aconteceu na noite de sexta-feira (17). Homem foi morto a tiros no Jardim Planalto
19/05/2019 14:42 19/05/2019 15:38

Foto por: brigada Militar/Divulgação
Descrição da foto: No local do crime policiais encontraram estojos de calibre .9 milímetros e .12
Depois de quase três meses sem registro de homicídio, Esteio voltou a contabilizar este tipo de crime no final da semana passada. Na noite de sexta-feira (17), um homem foi executado a tiros no bairro Jardim Planalto. A Brigada Militar foi acionada por volta das 23h30 para atender a um suposto tiroteio na localidade. Assustados, moradores teriam realizado diversas ligações para o número 190, quando tiveram início os disparos.

Aos chegarem ao local, na Rua Alvina Francisca, em um beco próximo de um arroio, os PMs encontraram a vítima caída na via já sem vida. O homem morto foi identificado como Jorge Elias de Moraes, de 24 anos. Ele apresentava diversas marcas de tiros em diferentes partes do corpo, inclusive no rosto. No local, peritos encontraram estojos de munições calibre .9 milímetros e .12. Apesar de não haver confirmação por parte de testemunhas, a suspeita da polícia é de que seriam pelo menos dois os atiradores, e que teriam fugido em um veículo.

Moraes, de acordo com a BM, possuía antecedentes por posse de entorpecentes. Informalmente, pessoas que conheciam a vítima informaram aos policiais que atenderam a ocorrência que ela era usuária de drogas e sempre estava pelas redondezas e de teria sido executada por estar com dívidas com traficantes que atuam no bairro. O crime é investigado pela Polícia Civil. Informações que possam auxiliar na elucidação do fato ou na identificação de suspeitos podem ser repassadas à investigação pelo telefone 3458.9665.

O último homicídio ocorrido neste ano em Esteio havia sido registrado no dia 20 de fevereiro. Balanço feito pela reportagem na semana passada mostrou que o município fora um dos únicos da região de cobertura do Jornal VS que apresentaram redução nos assassinatos no primeiro quadrimestre do ano em relação ao mesmo período de 2018. Além dele, apenas Sapucaia do Sul contabilizou queda nas mortes. Em Esteio, somando o caso da sexta-feira, até agora foram quatro casos de janeiro a maio. No ano passado haviam sido sete vítimas.

Titular da Delegacia de Polícia de Esteio, o delegado André Sperotto destaca o trabalho focado na desarticulação de grupos criminosos e na integração das polícias para justificar a redução de 42% no número de mortes violentas no município. “O trabalho da Polícia Civil na cidade de Esteio é realizado de forma integrada com os demais órgãos da segurança pública. Principalmente, na troca de informações e operações em conjunto. Além disso, a Polícia Civil tem atuado com investigação qualificada no combate ao crime organizado, responsável pelo tráfico de drogas, e consequentemente pelos crimes relacionados a este, como roubos e homicídios”, pontua.

Jornal NH
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3553.2020 / 51 992026770
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS