Publicidade
Acompanhe:
NH Hoje
Notícias | Região Operação Dia D

Dois homens são presos em Parobé por assalto a estabelecimento comercial

A dupla, de identidade não divulgada, foi localizada pela Polícia no bairro Alexandria

Última atualização: 11.06.2019 às 18:17

Foto por: Polícia Civil / Divulgação
Descrição da foto: Carro utilizado pelos assaltantes também foi localizado pela Polícia
Dois homens foram presos em Parobé, no Vale do Paranhana, na manhã desta terça-feira (11), durante a chamada Operação Dia D, realizada em todo o Estado. Conforme o Delegado de Polícia Ivanir Luiz Moschen Caliari, a dupla teria envolvimento em dois roubos que foram cometidos em um estabelecimento comercial no centro da cidade de Três Coroas nos meses de janeiro e maio deste ano. As prisões ocorreram durante o cumprimento de três mandados. Um terceiro homem, que também teria envolvimento nos crimes, já se encontra no sistema prisional. 

Foto por: Polícia Civil / Divulgação
Descrição da foto: Homens teriam envolvimento em assaltos ocorridos na cidade de Três Coroas
Os homens, de 24 anos de idade e de identidades não divulgadas, foram localizados pela Polícia no bairro Alexandria. A investigação aponta que um ex-funcionário do estabelecimento comercial seria o informante dos criminosos.  Ele também foi conduzido à Delegacia para prestar esclarecimentos, sendo possível que também tenha sua prisão preventiva decretada. O carro utilizado nos crimes também foi localizado.

Após o registro das prisões na Delegacia de Polícia (DP) de Três Coroas, os dois homens foram encaminhados até a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA de Taquara), onde aguardarão pela definição do presídio para o qual serão levados

.

A operação

Na manhã desta terça, a Polícia Civil deflagrou a Operação Dia D no Rio Grande do Sul. A ação é uma nova modalidade de estratégia operacional, com foco em crimes específicos e busca o enfrentamento regionalizado dos delitos de maior potencial ofensivo, através de ações simultâneas. No dia de hoje o combate é em relação aos crimes patrimoniais praticados com violência e grave ameaça, ou seja, o combate aos roubos.

Foram cumpridos diversos mandados judiciais de prisão, apreensão de menores e busca e apreensão. Na região metropolitana, são cumpridos 123 mandados.

A operação mobilizou agentes do Interior e Capital, mobilizando um efetivo total de 334 agentes e 117 viaturas, sendo cumpridas ordens judiciais de prisão, bem como mandados de busca e apreensão.

Na operação de hoje também foram presos dois homens com envolvimento no roubo a banco ocorrido na cidade de Ibiraiaras no ano passado.

Segundo a Chefe de Polícia, Delegada Nadine Tagliari Farias Anflor, a importância de ações dessa natureza é evitar a escalada de crimes menos graves que progridem até chegarem aos delitos de roubo com emprego de arma de fogo e concurso de agentes. “Esse é um dos crimes mais graves que temos e que causa clamor social. A identificação da autoria de delitos patrimoniais, com as prisões efetuadas hoje, trazem maior segurança e acabam com a certeza da impunidade”, disse.
A ação desencadeada hoje é a primeira de um conjunto que visa o combate qualificado aos crimes contra o patrimônio e objetiva a redução dos delitos dessa natureza.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.