Publicidade
Acompanhe:
NH Hoje
Notícias | Região STJ

Liminar concede liberdade a dois sócios da InDeal

Angelo Ventura da Silva e Marcos Antônio Fagundes podem ser soltos na próxima segunda-feira

Última atualização: 09.08.2019 às 22:53

Angelo Ventura da Silva e Marcos Antônio Fagundes, dois dos cinco sócios da InDeal, deverão responder a processo em liberdade, a partir da próxima segunda-feira (12). A informação foi confirmada pelo advogado dos acusados, Humberto Barrionuevo Fabretti.

Uma medida liminar foi concedida a ambos pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) na noite desta sexta-feira (9), às 19h27, conforme consta no site do STJ, habeas corpus número 524944/RS.

No dia 24 do mês de julho, a Justiça já havia derrubado o sigilo do processo da Operação Egypto. Com a decisão, é possível ter acesso às decisões do juiz, ingresso de recursos e andamento do processo no site da Justiça Federal. 

Investigação

O MPF afirma que de agosto de 2017 a maio de 2019 os acusados disponibilizaram serviços ilícitos através de uma empresa sediada em Novo Hamburgo. Eles venderam aos potenciais clientes a ideia de investimento inovador, com promessa de remuneração de 15% ao mês. Foram captados mais de R$ 1 bilhão de 38 mil pessoas físicas e jurídicas.

Os sócios teriam aplicado grande parte das parcelas destes recursos em modalidade de investimento diferentes da prometida aos clientes. Além disso, destinaram significativa parte dos valores, direta ou indiretamente, aos sócios, seus familiares e colaboradores da empresa, que apresentaram aumento patrimonial de 114.000%, em alguns casos.

 

>> Quer receber notícias como esta e muitas outras diretamente em seu e-mail? Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter. 

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.