Publicidade
Notícias | Região Um mundo de felicidade

Crianças com deficiência têm tarde de inclusão e diversão em Estância

Evento foi promovido pela Associação de Pais e Apoiadores a Pessoas com Deficiência de Estância Velha em parceria com o Projeto Borboletas

Por Cristiano Santos
Última atualização: 08.09.2019 às 17:19

  • Atividade inclusiva com pessoas com deficiência em Estância Velha
    Foto: Juarez Machado/GES
  • Inclusão divertida para crianças com deficiência E V 2019
    Foto: Juarez Machado/Juarez Machado
  • Inclusão divertida para crianças com deficiência E V 2019
    Foto: Juarez Machado/Juarez Machado
  • Inclusão divertida para crianças com deficiência E V 2019
    Foto: Juarez Machado/Juarez Machado
  • Inclusão divertida para crianças com deficiência E V 2019
    Foto: Juarez Machado/Juarez Machado
  • LAZER: Myllena descontraiu com os personages Jessie (Andressa) e Woody (Lidiomar Vidal)
    Foto: Juarez Machado/FOTOS Juarez Machado/GES
  • Inclusão divertida para crianças com deficiência E V 2019
    Foto: Juarez Machado/Juarez Machado

Uma tarde para esquecer os tratamentos, rotina médica e medos. Este domingo (8) é de animação para as crianças atendidas pela Associação de Pais e Apoiadores a Pessoas com Deficiência de Estância Velha (Apapdev), que, em parceria com o Projeto Borboletas, de Porto Alegre, promove um encontro inclusivo e divertido no Ginásio do Chimarrão, em Estância Velha. A programação também contou com bate-papo com os pais e responsáveis dos pequenos para compartilhar experiências e tirar medos.

Para a presidente da Apapdev, Andreia Cristiane Clarimundo Damaceno, o momento foi de lazer. “Para nós, é muito importante, é um projeto que estávamos sonhando há tempos e que vai contribuir muito para nossa entidade, que hoje tem de 15 a 20 famílias envolvidas”, destaca ela, que é mãe do Lucas Damacedo, 15, diagnosticado com paralisia cerebral e autismo. Ela agradece a Transporte Sereia, que cedeu o coletivo que trouxe o projeto a Estância Velha.

Quem também estava feliz pela descontração da filha era a dona de casa Tânia Feyh, 52. A pequena Myllena Feyh, 10 anos, se divertiu com os personagens animados de Toy Story Jessi, caracterizada por Andressa Mendes, e Xerife Woody, pelo auxiliar administrativo Lidiomar Vidal. A criança está diagnosticada com esclerose tuberosa, uma doença que provoca tumores benignos em órgãos e convulsões, mas que no momento está estagnada nela. “Essa tarde é importante para ela interagir, socializar. Quando chegaram os personagens, a Myllena foi se escondendo, mas aos poucos se soltou, depois não queria nem chegar mais perto de mim”, conta a mãe.

Para Andressa, o momento tem um sabor especial enquanto voluntária do Projeto Borboletas há um ano. “É muito gratificantes ver a animação das crianças, que começam tímidas, mas depois se soltam”, destaca. “Dá uma paz de espírito saber que estamos fazendo a diferença na vida de alguém, trazendo alegria e uma lembrança que vai ficar na cabeça delas por muito tempo”, compartilha.

Atividades

No dia 14 deste mês, a Apapdev quer fazer encontro com um profissional da Psicologia para trabalhar emoções dos pais. Já no dia 9 de outubro, a entidade promoverá a galinha beneficente para reformar a sede atual. Maiores informações pelo telefone (51) 98182-0881, com Andreia Damaceno.


Receba notícias diretamente em seu e-mail! Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.