Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Trânsito

Com 22 radares móveis, PRF gaúcha ainda não recebeu ordem para desativar equipamentos

Presidente Jair Bolsonaro afirmou que equipamentos serão todos desativados no Brasil
13/08/2019 12:00 13/08/2019 12:34

Foto por: Divulgação/PRF
Descrição da foto: No Rio Grande do Sul, PRF tem 22 radares móveis em uso
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) afirma que ainda não recebeu ordem para desativar os 22 radares móveis em operação na BRs do Rio Grande do Sul. Nesta segunda-feira (12), durante evento de entrega da duplicação da BR-116, em Pelotas, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que os equipamentos de controle de velocidade seriam todos desativados no Brasil. Medida que passaria a valer já na próxima semana, entretanto, não falou se a ordem viria por um decreto ou se entregaria um projeto de lei. 

A assessoria de imprensa da PRF gaúcha afirmou que o tema é tratado em Brasília, com participação do presidente e do Ministério da Justiça e Segurança, não estando em discussão em âmbito local. Por isso, o órgão afirmou que não irá se manifestar sobre o assunto.

Radares religados

Foto por: Agência Brasil/divulgação
Descrição da foto: Em todo o País, serão 1,1 mil radares religados
Polêmico, o tema tem sido bandeira do governo de Jair Bolsonaro. Em abril, o presidente cancelou a renovação de oito mil radares fixos que operavam nas rodovias federais. No fim de julho, pouco mais de 1,1 mil equipamentos começaram a ser religados no País depois que a Justiça Federal intermediou uma acordo com Ministério da Infraestrutura, Dnit e Ministério Público Federal (MPF).

A medida foi necessária após uma ação popular, movida há cerca de três meses, contra a suspensão de instalação de radares. A instalação dos dispositivos faz parte da fase inicial do acordo e será realizada em até 60 dias a partir da homologação da sentença, ocorrida no dia 31 de julho. Aqui no Estado, 245 radares voltarão à ativa, sendo dois trechos da BR-116, em Picada Café, e outros dois em Guaíba.

 

Quer receber notícias como esta e muitas outras diretamente em seu e-mail? Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

Jornal NH
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3553.2020 / 51 992026770
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS