Ol leitor, tudo bem?

Use os cones abaixo para compartilhar o contedo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vdeos e artes) est protegido pela legislao brasileira sobre direitos autorais. No legal reproduzir o contedo em qualquer meio de comunicao, impresso ou eletrnico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Estado

Deputados aprovam incluso de doce de leite e erva mate na merenda escolar gacha

Para entrar em vigor, governador precisa sancionar os dois textos
11/09/2019 10:13

Foto por: Free Images
Descrio da foto: Governador Eduardo Leite precisa sancionar lei que institui doce de leite na merenda escolar
A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul aprovou dois projetos que incluem o doce de leite e a erva-mate na merenda escolar da rede pública estadual. Ambos, agora, seguem para sanção do governador Eduardo Leite.

O projeto de lei (PL) 385/2006, que inclui o doce de leite, foi proposto pelo deputado Edson Brum (MDB). A proposta teve 33 votos a favor e 11 contra e estava em discussão há mais de uma década na AL. Desde 2007, o PL permaneceu arquivado na Comissão de Constituição e Justiça. Em março deste ano, o deputado Elton Weber (PSB) emitiu parecer favorável, aprovado pela CCJ e o texto voltou à discussão.

Brum defende que o doce de leite seja implementado na dieta de crianças e adolescentes “não só pelo seu valor nutritivo, como também pelas condições de preço na sua aquisição”, já que o Estado é um dos principais produtores de laticínios do País. A compra do doce de leite deve ocorrer por meio de licitação pública da mesma maneira que os demais alimentos.

A deputada Sofia Cavedon (PT), que votou contra à medida, apresentou um aviso sobre a regulação da alimentação das crianças no âmbito escolar. Nutricionistas também alertam para o excesso de açúcar contidos no doce e para a necessidade de acompanhamento das escolas para o consumo em excesso. De acordo com a legislação gaúcha, caberá às secretarias da Saúde e da Educação orientar sobre a inclusão do alimento na dieta das crianças.

Foto por: GES-Arquivo
Descrio da foto: Erva-mate deverá fazer parte da merenda escolar gaúcha
Erva-mate

Já a proposta de inclusão da erva-mate na merenda escolar é um projeto do deputado Gilberto Capoani (MDB). O PL 68 2018 recebeu 31 votos favoráveis e 11 contrários e prevê a inclusão da erva mate e seus produtos derivados.

Em sua justificativa, o deputado afirmou que a erva mate é um símbolo gaúcho, que contém cafeína em quantidades importantes, bem como antioxidantes, potássio, aminoácido e vitaminas.

"Além disso, seu consumo traz muitos benefícios para a saúde, dentre os quais destacamos que ajuda na saúde cardiovascular, pois graças à boa quantidade de antioxidantes, o mate pode ajudar a prevenir doenças cardiovasculares, evitando que o colesterol e a gordura se acumulem nas artérias."

Jornal NH
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3553.2020 / 51 992026770
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS