Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Serviço

Gasolina cara e insegurança no trânsito? Veja 5 dicas de manutenção e economia

Conheça os sistemas que exigem mais cuidados para evitar contratempos
04/09/2019 10:56 05/09/2019 10:39

Em tempos de gasolina cara e insegurança pública, fazer a manutenção preventiva é mais do que garantir a economia: é também evitar tornar-se alvo de criminosos devido a uma pane na estrada. Seja na sua oficina de confiança, seja na concessionária, é importante observar os prazos das checagens e trocas dos componentes, como especificado no manual do proprietário. 

As principais vantagens de fazer as revisões na autorizada são a qualidade dos serviços, já que os mecânicos são treinados pela fábrica, e das peças, que são originais. Por isso, o valor de revenda de usados que fizeram toda a manutenção nas concessionárias também costuma ser maior. O gerente da Citroën Première Novo Hamburgo, Marcelo Mano, observa que as revisões da marca, por exemplo, são extremamente rígidas. ''Dessa forma, aconselhamos que não haja intervenções nos veículos fora das revisões programadas, pois isso vai garantir uma maior vida útil'', salienta.  Ele também alerta para os "oportunistas de plantão'', que tentam vender óleo em postos de combustíveis sob a alegação de que o nível está baixo. ''Acontece que o nível deve ser medido apenas com o motor frio'', observa.

1. Seguir o plano de manutenção

Foto por: Adair Santos/GES-Especial
Descrição da foto: Citroën Première - Novo Hamburgo
A montadora especifica, para cada modelo, os prazos e quilometragens para a troca de óleo, filtros em geral (óleo, combustível). São componentes que ajudam na economia e na segurança. "Também evitam o desgaste prematuro de outras peças'', explica o conselheiro técnico da Citroën Première, Endrigo da Silva.

 

2. Realizar a geometria e calibragem dos pneus

Foto por: Adair Santos/GES-Especial
Descrição da foto: Citroën Première - Novo Hamburgo
Um veículo desalinhado e com os pneus murchos não anda, se arrasta, gastando mais combustível. Os reflexos podem ser vistos também no desgaste irregular dos pneus, que devem ser calibrados semanalmente.

 

3. Checar o sistema de arrefecimento do motor

Foto por: Adair Santos/GES-Especial
Descrição da foto: Citroën Première - Novo Hamburgo
É o responsável por manter a temperatura correta de trabalho do propulsor, independentemente do clima. "Precisa ser conferido a cada 15 dias e a substituição do líquido deve ocorrer a cada dois anos ou 40 mil km, o que ocorrer primeiro'', ressalta.

 

4 . Manutenção dos freios

Foto por: Adair Santos/GES-Especial
Descrição da foto: Citroën Première - Novo Hamburgo
A cada revisão devem ser verificados aspectos como o desgaste e eventual empenamento do disco. "A limpeza do sistema é outro item importante, pois a fuligem que solta das pastilhas pode comprometer seu funcionamento e acelerar o desgaste'', observa Endrigo Silva.

 

5. Sistema de iluminação

Foto por: Adair Santos/Marina Mentz/GES-Especial
Descrição da foto: Citroën Première - Novo Hamburgo
Faróis em mau estado de conservação impedem o motorista de ver o caminho e lanternas estragadas tornam carros e principalmente motos "invisíveis'' para quem vem atrás durante a noite. "A regulagem dos faróis também é essencial para não ofuscar os condutores que transitam no sentido contrário'', acrescenta.

Jornal NH
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3553.2020 / 51 992026770
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS