Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Corpo e mente

Terapias integrativas auxiliam na prevenção e tratamento médico

Práticas já incorporadas ao Sistema Único de Saúde (SUS), medidas trazem benefícios ao corpo e à mente sem dispensar o tratamento médico
26/08/2019 03:00 27/08/2019 16:01

Um reforço para ajudar na concentração no trabalho ou mesmo relaxar mais durante o período do sono. Mais autoestima para quem luta contra o câncer ou tranquilidade à gestante que vive uma gravidez de risco. Estes são resultados comuns a pacientes que buscam nas terapias integrativas ou alternativas a resolução de alguns incômodos à saúde, principalmente os emocionais. Como o nome diz, as práticas não substituem um tratamento médico ou psicológico, por exemplo, mas se somam em busca de resultados. E servem também a quem não passa por um outro tratamento, como o empresário de Novo Hamburgo, Giovani Pletsch, de 29 anos. "Não tinha muito conhecimento e passei a me informar um pouco mais. Tive indicações de um amigo e busquei reiki e barras de access e estou vendo progresso. Estou mais calmo, era muito agitado, ansioso, então estou conseguindo levar a vida de forma mais leve", conta.

SUS

Os resultados positivos destas técnicas chamou a atenção do governo federal no ano passado, com a integração de 10 novas práticas alternativas ao Sistema Único de Saúde (SUS). Os tratamentos terapêuticos focam tanto o complemento ao tratamento de doenças, como hipertensão e depressão, quanto à prevenção de diversas patologias. Com a medida o País passa a ter 29 práticas integrativas no SUS e se torna líder na oferta dessa modalidade na atenção básica de saúde. "Precisamos continuar caminhando em direção à promoção da saúde em vez de cuidar apenas de quem fica doente", ressaltou o ministro Ricardo Barros, à época da medida. Conforme o Ministério da Saúde, em 2017, foram realizados mais de 1,4 milhão de atendimentos aos usuários do SUS com técnicas como acupuntura, auriculoterapia e ioga.

Feitas para trazer benefícios

As terapeutas em Novo Hamburgo, Michele Reiheimmer e Fernanda Gonzalez, destacam que as terapias integrativas "visam a melhora da qualidade de vida, equilibrando o físico, o emocional e o energético da pessoa que recebe o tratamento, auxiliando assim de forma efetiva os tratamentos realizados pela medicina convencional. Dessa forma, sendo os tratamentos realizados pelas terapias integrativas utilizadas de forma preventiva e quando já há o problema de saúde como complemento ao tratamento médico tradicional realizado. Importante ressaltar que o objetivo principal é detectar a origem do que gera o problema, ou seja, a causa".

As profissionais ainda falam sobre os resultados. "São visíveis, pois os pacientes em uma grande maioria relatam melhoras consideráveis, e até mesmo a cura, se tornando pessoas mais leves, confiantes e saudáveis", citam. "Sempre devemos lembrar que qualquer tratamento necessita de uma continuidade e uma orientação de um profissional qualificado", complementam.

Há um número de sessões ideais?

Michele e Fernanda reforçam que o número de sessões ideais nas terapias alternativas é sempre analisado junto ao paciente. "Dependendo da terapia que será realizada, que é decidida pelo terapeuta habilitado em virtude do quadro apresentado pela pessoa que o procura, será decido quantas sessões serão necessárias. Sempre é levado em consideração a evolução do quadro apresentado pela pessoa atendida", explicam.

E sim, é possível aliar mais de uma terapia no tratamento. "Uma pessoa pode receber mais de uma terapia dependo da qualificação do profissional que irá aplicar. Por exemplo, a aromoterapia e a cromoterapia podem ser usadas como complemento ao reiki, trazendo mais bem-estar à pessoa atendida."

Terapias alternativa

Sem misturar fé e religião

As profissionais contam as situações mais comuns enfrentadas pelos pacientes que buscam estas práticas: "o auxílio para combater a depressão, cura dos medos, fobias, angústias, ansiedades, dores físicas, liberação de crenças limitantes, equilíbrio físico, mental e espiritual, gerando assim uma maior harmonia do ser. As pessoas que mais buscam as terapias são as que possuem a consciência de que as curas das dores físicas e da 'alma' são possíveis através de um equilíbrio do ser como um topo".

Michele e Fernanda também reforçam que as terapias não envolvem religião, mas a fé pode sim auxiliar o tratamento. "Terapias integrativas não fazem parte de nenhuma religião, mas certamente as pessoas que recebem esse tratamento, assim como ocorre com a medicina tradicional, têm muito a se beneficiarem quando utilizam de sua fé ou crenças. Ajudam dessa forma na recuperação, no aumento da imunidade e uma resposta significativa ao tratamento realizado."

Conheça o Barras de Access

Michele traz mais detalhes do Barras de Access, ou Barras de Acesso, técnica muito utilizada para limpeza e reprogramação da mente e sem nenhuma tipo de contraindicação. “A sessão dura de 40 minutos a 1 hora e 30 minutos. A pessoa fica deitada e o terapeuta trabalha os 32 pontos existentes na cabeça onde estão armazenados os pensamentos, ideias. Quando as barras são ativadas através do toque na cabeça é como apertar a tecla delete do computador, apagando assim esses condicionamentos que não servem mais, permitindo mais espaço disponível para receber experiências novas”, explica.

Os resultados, conforme a terapeuta, depende de cada um. “A pessoa se sente mais tranquila, leve, aumentando a concentração, melhorando relacionamentos por permitir aceitação por si e pelos outros, menos irritação para as situações e pessoas que não compreende, aumento do sentimento de alegria, diversão, confiança e bem-estar”, diz.

Saiba mais sobre o reiki

“A sessão dura em torno de 1 hora e a pessoa fica deitada ou sentada de forma confortável em silêncio recebendo toda energia ki, que é a energia vital de todo ser vivo, passada através do terapeuta. O reiki é uma terapia que se utiliza da imposição de mãos sobre os chakras a fim de energizá-los, transmitindo assim esta energia ki”, explica Fernanda.

A terapeuta explica que há diversas formas de reiki. “Sendo principal o Sistema Usui, o qual foi descoberto no Japão pelo doutor Mikao Usui. Com o passar dos anos, diversos tipos de reiki passaram a ser conhecidos como o Reiki Xamânico, Reiki Tibetano, Reiki Estelar, Reiki Karuna, Reiki Osho Reiki, Reiki Egípcio, dentre outros, até à distância. O Reiki à distância pode ser aplicado por reikianos que já tiveram iniciação ao nível III do Reiki, uma vez que recebem os símbolos e aprenderam as técnicas para a aplicação do reiki em pessoas que se encontram em locais diferentes ao do terapeuta. O reiki à distância tem a mesma eficácia do reiki presencial”, reforça.

Dez novas práticas integradas ao Sistema Único de Saúde (SUS)

Apiterapia – método que utiliza itens produzidos pelas abelhas nas colmeias como a apitoxina, geleia real, pólen, própolis, mel e outros.
Aromaterapia – uso de concentrados voláteis extraídos de vegetais, os óleos essenciais promovem bem-estar e saúde.
Bioenergética – visão diagnóstica aliada à compreensão do sofrimento/adoecimento, adota a psicoterapia corporal e exercícios terapêuticos. Ajuda a liberar as tensões do corpo e facilita a expressão de sentimentos.
Constelação familiar – técnica de representação espacial das relações familiares que permite identificar bloqueios emocionais de gerações ou membros da família.
Cromoterapia – utiliza as cores nos tratamentos das doenças com o objetivo de harmonizar o corpo.
Geoterapia – uso da argila com água que pode ser aplicada no corpo. Usado em ferimentos, cicatrização, lesões, doenças osteomusuculares.
Hipnoterapia – conjunto de técnicas que pelo relaxamento e concentração induz a pessoa a alcançar um estado de consciência aumentado, permitindo alterar comportamentos indesejados.
Imposição de mãos – imposição das mãos próximo ao corpo da pessoa para transferência de energia para o paciente. Promove bem-estar, diminui estresse e ansiedade.
Ozonioterapia – mistura dos gases oxigênio e ozônio por diversas vias de administração com finalidade terapêutica e promove melhoria de diversas doenças. Usado na odontologia, neurologia e oncologia.
Terapia de Florais – uso de essências florais que modifica certos estados vibratórios. Auxilia no equilíbrio e harmonização do indivíduo.
Fonte: Ministério da Saúde

Os benefícios do Reiki

Redução do estresse e ansiedade;

Equilíbrio hormonal e diminuição dos sintomas de estresse;

Redução das toxinas do organismo;

Equilíbrio emocional;

Aumento da criatividade;

Aumento da calma, tranquilidade e serenidade;

Aumento do autocontrole;

Diminuição da impulsividade;

Fortalecimento do sistema imune;

Diminuição dos sintomas da depressão e da síndrome do pânico.

 

Jornal NH
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3553.2020 / 51 992026770
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS