VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

Bom Exemplo

E voc, sente tenso na regio da nuca?

Muito tempo navegando na Internet = tenso no pescoo! Veja umas dicas para aliviar esta tenso.

A rigidez ou dor muscular no pescoço é um incômodo que pode causar dificuldade para se mover ou realizar atividades diárias, como dirigir um carro ou trabalhar. Quando sentimos o problema, uma das reações mais comuns é se automedicar, questão que nunca é indicada por representar um perigo usar medicamentos sem prescrição médica.

Foto por: Reprodução
Descrio da foto: Muito tempo em frente ao computador pode te prejudicar!

O problema por ser originado pelas horas em frente a um computador, com as pernas imóveis e as costas numa postura incorreta. E quando isso ocorre, o pescoço é a parte do corpo que mais sofre.
Para impedir o acúmulo de tensões e, a longo prazo, evitar condições que possam lesionar a coluna e causar hérnia de disco, o fortalecimento dos músculos do pescoço é fundamental. Alguns exercícios para prevenir o problema são bem simples e podem ser feitos no próprio ambiente de trabalho.

Se você sentir desconforto no pescoço, realize os seguintes movimentos diariamente até que a condição desapareça:

Movimento 1
Sentado, inspire com as costas encostadas na cadeira. A cada expiração, flexione a cabeça lentamente para baixo. Tente flexionar as costas apenas até a parte do meio. A parte inferior das costas deve estar sempre em contato com o encosto. Levante lentamente vértebra por vértebra.

Movimento 2
Em uma posição reta, mova a cabeça para um lado e depois para o outro, e repita o movimento 10 vezes. Em seguida, incline a cabeça para a frente e para trás, também 10 vezes.

Movimento 3
Cruze as mãos e coloque-as atrás da cabeça. Solte o peso dos braços para que a cabeça desça pouco a pouco. Fique nesta posição por alguns poucos minutos.

Movimento 4
Com os braços estendidos e juntos ao corpo, levante e abaixe os ombros de forma circular por 15 segundos.

Movimento 5
Por 15 segundos, gire a cabeça da direita para a esquerda tentando tocar o peito com o queixo. Repita mais 15 segundos, começando da esquerda para a direita.

Se continuar sentindo desconforto, procure um médico.
E também umas horinhas fora das telas vai ajudar a aliviar esta tensão!

Ser que voc est tomando gua na medida certa?

Um desafio muito simples: tomar gua na quantidade suficiente todos os dias. Fcil, no? Ento siga as instrues e comece este desafio para seu prprio benefcio!.

Hidrate-se. Tome mais água. Parecem recomendações médicas meio repetitivas – mas acredite: são muito importantes. Poderia destacar todas as consequências da desidratação, dos riscos ao qual expomos nossos rins e outros órgãos.

Foto por: reprodução
Descrio da foto: Te desafiamos a nos próximos 30 dias manter-se hidratado. Deixe registrado todos os dia sua ingestão de água e sinta os benefícios!


Dentro de evidências científicas,  trazer a associação com a obesidade, com falta de motivação para exercícios físicos e até mesmo com confusão mental. Poderia fazer uma aula sobre efeitos da falta de água na cognição, na nossa inteligência.

Isso mesmo: do quanto o descaso com um hábito simples pode afetar até mesmo nossa mente.
Acredite: não faria isso apenas pelo deleite normal aos médicos em educar amedrontando. Só que, ao verificar os míseros mililitros, as frações de copos ingeridas por crianças, adolescentes, adultos e idosos, eu deveria era falar ainda mais das consequências da falta de água na dieta. De morte!
Vou fazer diferente. Vou te mostrar o quanto é fundamental o gesto de abrir a torneira, apertar o botão do filtro ou se servir na jarra – se for beber direto, que tenha pelo menos a sua própria jarra ou garrafa na geladeira, tá ok?

Somos constituídos principalmente por água. Somos quase 70% água quando nascemos e 55% ao nos aproximamos dos 80 anos. Assim como a água circula pelo planeta trazendo vida, dentro da gente ela participa de processos dinâmicos e conectados, levando vida pras células de todo o organismo.

Manter uma hidratação adequada ajuda a circulação, permite que o sistema de controle de temperatura funcione corretamente, facilita a limpeza de sobras metabólicas e de impurezas das células e tem papel relevante no sistema digestivo (falando nisso, tomar água melhora nosso hábito intestinal, ou seja, permite fazermos cocô bonitinho, sem dor e com menos ressecamento).

Tomar água adequadamente ajuda o coração e previne as dores de cabeça. Sabe as malditas pedras nos rins? A principal forma de preveni-las é tomando água, dois, dois litros e meio ao dia.

Sobre quantidade, em pessoas sadias temos uma fórmula para estimar a quantidade necessária: pegue seu peso e multiplique por 30 ml. Olha que simples: 70 quilos, 2,1 litros ao dia.
Desafie-se! Hidrate-se! Leve vida pra dentro de ti.

Leandro Minozzo
Geriatra e Nutrólogo
Professor de Medicina da FEEVALE

Sua vida est como voc planejou?

Lies de vida que temos que encarar!.

Se existe uma coisa que a vida ensina é que ela não acontece como planejamos.

As pessoas influenciam e são influenciadas pelos seus contextos e são suas escolhas que desencadeiam suas histórias. Confira algumas lições (não tão ortodoxas) que precisam ser encaradas e ponderadas quando temos de fazer escolhas pessoais.

Foto por: Reprodução
Descrio da foto: Não se importe com o que os outros dizem


1- Saber quem somos e nosso papel no mundo.

Perceba seu local e importância no mundo. Por que você faz o que faz e está inserido nos grupos e locais que o rodeiam? A energia do homem precisa ser canalizada para algo que lhe forneça uma identidade, um papel social. A pessoa precisa ter uma ocupação em que se sinta produtiva, mesmo que não seja remunerada. Precisa de reconhecimento de seu local no mundo e também precisa transmitir características que são só suas, o que caracteriza a herança cultural de um povo.

2- Entenda que a felicidade está na simplicidade.

Embora o luxo seja atraente e tentador, ele nos deixa pouco à vontade. É na simplicidade que rimos alto e sem medo, sentamos nas calçadas, baixamos nossa guarda e somos sinceramente felizes.

3- Respeite suas fraquezas.

Detesto essa “mania” que as pessoas têm de achar que tudo deve estar bem o tempo todo. Isso simplesmente não existe. A realidade nos pede tempo para todos os sentimentos.

4- Não se importe com o que os outros dizem, ao menos que isso afete sua consciência.

Normalmente, as pessoas mais interessadas em debater e questionar a “ética’” dos outros, são as menos éticas. Excesso de rigidez em métodos antigos cega para diversas realidades, mesmo que elas sejam explícitas. Ser flexível é uma coisa, ser volúvel é outra.

5- Apesar de tudo, continue e nunca se esqueça de quem você é.

O preço de ser uma pessoa minimamente inteligente é saber o peso e as consequências dos próprios atos. É, apesar das loucuras da vida, perder-se sim, mas, voltar para a realidade o mais rápido possível e continuar.

6- Exercite o perdão.

Principalmente consigo mesmo. Que nossas cegueiras momentâneas e autossabotagens sejam perdoadas… não pelos outros, mas, por nós mesmos.

Josie Conti

Lembre-se sempre que você é responsável pelas suas escolhas. Cuide muito do que e de quem você se aproxima. Sua vida e história é você quem determina.

Este texto foi publicado na edição impressa do Caderno Bom Exemplo - edição 01 - 29/08/2019
Fique ligado na nossa publicação impressa - toda última quinta-feira do mês, encartada no Jornal NH


A Nova Economia. So muitos os exemplos, encontre o seu e pratique!

.

Foto por: Reprodução
Descrio da foto: Focado no consumo colaborativo e consciente, a Nova Economia encontra ressonância no desgaste da economia tradicional.
São algumas as nomenclaturas que determinam este novo momento econômico: Nova Economia, Capitalismo Consciente, Economia Natural; não importa, todos esses nomes querem dizer o mesmo, que estamos vivendo um momento onde os processos econômicos estão se reinventando em busca de um crescimento mais sustentável para as instituições e pessoas. Focado no consumo colaborativo e consciente, a Nova Economia encontra ressonância no desgaste da economia tradicional, que culmina com a desigualdade social tomando proporções gigantescas; o uso acelerado dos recursos naturais, onde quase 1/3 foi destruído nos últimos 30 anos, e pela aceleração do consumismo e as suas graves consequências.

Muitas empresas mundiais já nasceram dentro deste conceito de Nova Economia, startups de compartilhamento, montadoras de carros elétricos, redes de lojas ou supermercado focados exclusivamente em produtos orgânicos, entre outras.

Empresas com propósitos, que visam o lucro em um processo respeitoso com o meio ambiente e a sociedade, onde os seus líderes precisam encarar os processos, o Mercado e, principalmente, a sua equipe de forma mais sustentável, gerenciando interação entre gerações, proporcionando um ambiente de trabalho mais harmonioso e feliz.

Não importa o segmento de atuação de uma empresa, se quer ter maior visibilidade e produtividade, ela tem que repensar os seus processos porque as pessoas estão cada vez mais conscientes sobre o consumo. Movimentos como Lowsumerism mostram a força desta nova percepção do consumidor, com o olhar cada vez mais amplo e exigente em busca do bem coletivo e do planeta.

O tripé econômico, social e ecológico embasa e sustenta este novo formato de economia. Experiências como o AirBNB– aplicativo que intermedia o uso de casas e quartos coletivos ou individuais – e o Uber e BlaBlaCar, aplicativos de carona coletiva, estão à frente deste movimento, que conta também com empresas como Netflix, entre tantas outras. Centenas de iniciativas de vários segmentos da economia estão espalhados pelos quatro continentes.

Foto por: Reprodução
Descrio da foto: Experiências como o AirBNB– aplicativo que intermedia o uso de casas e quartos coletivos ou individuais – e o Uber e BlaBlaCar, aplicativos de carona coletiva, estão à frente deste movimento, que conta também com empresas como Netflix, entre tantas outras.

De uma forma ainda mais profunda e humanista, podemos observar o movimento econômico chamado “Love Economy”, dele nascem exemplos de ecovilas muito bem administradas, como Auroville, na Índia, fundada por Mirra Alfassa, conhecida como “The Mother”. Desde 1968 a cidade tem incentivo do governo do país e da UNESCO para tomar decisões quase autonomamente. Mais de 123 nações compraram a ideia de uma cidade universal onde homens e mulheres de todos os países possam viver em paz e harmonia progressiva acima de todos os credos, toda a política e todas as nacionalidades.

Outro exemplo é o Instituto Visão Futuro em São Paulo, onde mora a mulher considerada a papisa do FIB – Felicidade Interna Bruta - no Brasil, a Antropóloga Susan Andrews, Psicóloga formada pela Universidade de Harvard e doutora em Psicologia Transpessoal pela Universidade de Greenwich.

O Visão Futuro foi fundado para compartilhar processos de co-criação de uma visão de que estamos todos conectados e promover o desenvolvimento integral do ser humano, físico, mental e espiritual.

Foto por: Reprodução
Descrio da foto: O Instituto Visão Futuro em São Paulo, da Antropóloga Susan Andrews, Psicóloga formada pela Universidade de Harvard e doutora em Psicologia Transpessoal pela Universidade de Greenwich Futuro foi fundado para compartilhar processos de co-criação de uma visão de que estamos todos conectados e promover o desenvolvimento integral do ser humano, físico, mental e espiritual.

Mais uma iniciativa viva deste movimento é a Escola de Sustentabilidade Integral, que tem a sua sede em Salvador e uma unidade rural no Piemonte da Chapada Diamantina, na Bahia.

Para Débora Nunes (arquiteta, doutora em Urbanismo, com pós doutorado em Extensão Universitária pela Universidade Lumière Lyon) e Emerson Sales (Pós-doutor em Engenharia Química pela Université Toulouse III Paul Sabatier, doutor em Ciências/Engenharia Química pela Université Paris VII e mestre em Química pela Universidade Federal da Bahia), fundadores do projeto, a compreensão profunda do que significa sustentabilidade exige uma visão integral, ao mesmo tempo teórica e prática. Essa visão pode inaugurar um novo modo de viver, que permita a transição para uma sociedade mais justa, ecológica e democrática. Cada pessoa é parte dessa transformação e a Escola oferece a formação que a ajuda a ser o que ela quer ver no mundo. Três dimensões são abordadas, envolvendo a mente, o corpo, o coração e a alma: a coletiva e material, a individual e perceptiva e a emocional e espiritual.

Há uma crise global, não há dúvidas quanto a este fato. Mas há, também, muitas iniciativas coletivas ou pessoais que compreendem a urgência da reavaliação dos processos da vida moderna, enchendo o nosso dia a dia de exemplos efetivos de uma convivência mais humanista e sustentável. Encontre o exemplo onde você melhor se identifique e colabore com este mundo melhor.

Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3553.2020 / 51 992026770
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS