Publicidade
Cotidiano Vida de boneco

Fim de semana pra curtir o Festival Internacional de Bonecos

Carlão é um dos protagonistas do evento gratuito que conta com participantes de todo mundo

Por Laura Gallas
Última atualização: 19.10.2019 às 14:41

Carlão é o mestre de cerimônias de mais uma edição do evento que ocorre gratuitamente na Serra Foto: André Almeida/Especial
Como manda o figurino em eventos e festivais, as apresentações sempre são feitas por um homem ou uma mulher. Mas em Canela, há quatro anos, um boneco simpático e piadista é quem tira onda com o público. É com carisma e um sotaque argentino que Carlão é o mestre de cerimônias de mais uma edição do Festival Internacional de Teatro de Bonecos de Canela.

Ele é um argentino boa vida, que subiu à Serra gaúcha e decidiu fixar residência em Gramado há 20 anos. Com um humor criativo, quem dá vida ao Carlão é a bonequeira Beth Bado. "Eu acredito que quando construímos o boneco, ele já vem com uma carga de 'vida'. A gente não consegue colocar palavras na boca do boneco, é nos improvisos das apresentações que o bonequeiro entende e constrói aos poucos", explica Beth. "Não existe um roteiro, estamos arriscando o tempo todo", complementa a bonequeira que atua nesta área há 15 anos.

Reflexo da sociedade

A técnica de manipulação utilizada é a marote, mas há seis anos, na concepção, já um personagem carismático e debochado, Carlão era conduzido pela técnica de luva. "Sem pensar como ele seria, há seis anos, quando coloquei ele na mão, já saiu falando espanhol", lembra a profissional. Segundo Nelson Hass, esposo de Beth e bonequeiro há 30 anos, o boneco reflete a sociedade. "Às vezes ele fala coisas que pessoas podem não gostar, por exemplo, mas em muitas delas ele encanta", diz.

E é com essa magia da vida bonequeira que encerra neste domingo, dia 20, o Bonecos Canela. O convite é para curtir em família as diversas atrações gratuitas que estão espalhadas pelo Centro da cidade. Nesta 31ª edição, grupos da Alemanha, Espanha, Argentina e Equador, além das companhias estaduais e locais, apresentam suas criações com muito humor.

Desfile duplo

A novidade é que um dos momentos mais esperados do evento, o Desfile de Bonecos, acontecerá em dose dupla. Neste sábado, às 14h30, e no domingo, às 11 horas. A concentração ocorre em frente à Igreja Matriz Nossa Senhora de Lurdes, em Canela, e o percurso vai até a praça João Corrêa. "É um evento cultural onde se brinca, o desfile é um momento democrático e todos envolvidos esperam por esse momento", reforça Beth.

A organização estima reunir 15 mil pessoas. O evento está preparado para receber os vistantes com os espaços cobertos e oferecimento de mantas para o público curtir de forma confortável.

Espaço para discutir a arte bonequeira

Nesta edição, estão participando grupos do Alemanha, Espanha, Argentina, Equador além dos gaúchos. O desenvolvimento da arte bonequeira é um dos legados do Festival às futuras gerações.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.