Publicidade
Cotidiano | ABC Pra Você | Decoração Mundo corporativo

Confira o que é tendência na arquitetura do pós-pandemia

Conheça alternativas que podem auxiliar neste momento de reabertura dos escritórios

Publicado em: 15.09.2021 às 06:00

A sociedade vive um momento de retomada em que, com o avanço da vacinação, diversas empresas estudam a reabertura de seus escritórios. Depois de um período tão particular quanto a pandemia, que trouxe novos hábitos e demandas, pensar em um espaço adaptado e bem preparado para receber novamente os funcionários é essencial. "O mundo mudou, nossos comportamentos mudaram, e isso se reflete diretamente no papel dos escritórios no pós-pandemia", destacam Bianca Tedesco e Viviane Sakumoto.

Arquitetura corporativa no pós-pandemia

Segundo as arquitetas, com a popularização do home-office muitas empresas adotarão um sistema híbrido de trabalho, transformando o escritório em um espaço que preza pelo encontro e troca de ideias. Muito mais flexíveis, os escritórios no pós-pandemia deverão pensar no conforto, com foco em espaços de descompressão

Na arquitetura, isso se reflete pela busca por ambientes corporativos mais humanizados e acolhedores. "São espaços estimulantes ou até mais domésticos, mesclando um pouco do trabalho com o clima de home-office. Cozinhas e copas agradáveis, que permitam que os funcionários não precisem recorrer a restaurantes na hora do almoço, lounge com mesas para reuniões informais, áreas externas com bastante verde são alguns exemplos.

A tendência de humanizar os espaços corporativos já vinha de antes, mas foi impulsionada com a pandemia. Escritórios que antes não tinham enxergado como esses espaços são benéficos na produtividade, hoje ganham um novo olhar. Esses ambientes de descompressão quebram o ritmo de produção contínua e permitem descansar a mente.

Boa circulação, ventilação e limpeza

Impossível não falar de uma boa circulação, ventilação e iluminação natural, tão essenciais mesmo antes da pandemia.

Quando não é possível contar com boa ventilação natural, são necessárias adaptações. Projetar espaços amplos, prever exaustão, circulação favorável, manutenção e limpeza constante nos filtros de ar-condicionado e renovação do ar são alguns elementos que temos que observar com atenção, pontuam as profissionais.

Em pandemia, a adaptação pode se estender até para a logística dos funcionários, que devem se alternar com horários e rotinas que não causem aglomeração.

E quando o assunto é pisos, as arquitetas indicam revestimentos de fácil limpeza, como porcelanatos, vinílicos e até mármores. Optar por esses revestimentos é essencial, especialmente quando consideramos que um escritório tem bastante circulação de pessoas.

Para escritórios que possuem carpete - muito escolhido por seu conforto termoacústico - a dica é ter uma limpeza mais frequente.

Hoje, o cuidado com a higiene se tornou primordial. Intensificar a rotina de limpeza, oferecer álcool gel, pensar em agendamento do uso de salas para evitar aglomerações são medidas que oferecem mais segurança para os funcionários, que devem se sentir bem e protegidos no ambiente de trabalho.

Dinamismo e flexibilidade nas estações de trabalho

Não são apenas os espaços de descompressão que merecem atenção - as salas de trabalho também pedem por mudanças, especialmente quando se pensa nas estações de trabalho. "Uma tendência que virá com força são as mesas maiores e compartilhadas, com salas multitarefas. Deixa-se para trás a ideia de mesas individuais e fixas, prezando agora por integração maior entre funcionários e equipes", explicam.

Esses espaços também devem ser aconchegantes, trabalhando com boa iluminação, texturas, plantas. Biofilia é peça-chave na decoração, aproximando a natureza do ambiente de trabalho, opinam Bianca Tedesco e Viviane Sakumoto. As salas de reunião, por sua vez, podem receber telões e projetor, para permitir reuniões que integrem as equipes em home office. A ideia de salas de reuniões informais também ganha força, trazendo um dinamismo e informalidade que antes não era tão comum em escritórios.


Receba notícias diretamente em seu e-mail! Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.