Publicidade
Botão de Assistente virtual
Cotidiano | ABC Pra Você | Gourmet SOBREMESA

Acerte na fritura dos doces

Além das dicas para este preparo, acompanhe uma saborosa receita para fazer em casa

Publicado em: 24.11.2021 às 06:00 Última atualização: 24.11.2021 às 10:01

Não há quem resista a uma deliciosa fritura, não é mesmo? Porém, é importante que ela seja feita do jeito certo, caso contrário, você cria um sabor e textura indesejados. A Isabela Alimentos traz mais dicas para não errar nesse tipo preparo, além de uma saborosa receita doce.

Acerte na fritura dos doces
Acerte na fritura dos doces Foto: Adobe Stock
Para começar, o método mais indicado para fritar doces é a fritura por imersão, ou seja, mergulhar o alimento em óleo quente. É importante estar atento à temperatura do óleo, pois se estiver em temperatura muito fria, deixará o alimento gorduroso. Já o óleo muito quente traz o risco de deixar o alimento cru por dentro.

Se você está fritando uma massa pré-cozida, como churros, por exemplo, o ideal é usar óleo mais quente, entre 170 graus e 180 graus. Para o caso de massas cruas, uma temperatura mais baixa, entre 160 graus e 170 graus, é o ideal.

Lembre-se de sempre retirar os pedacinhos de massa que ficam no óleo para manter a qualidade da fritura. Por fim, sempre que retirar os doces do óleo, coloque-os sob um papel absorvente para que reter o excesso de óleo.

Receita de Sonho

Ingredientes

Para a massa:

250 ml de leite morno

2 colheres de sopa de fermento biológico seco

4 colheres de sopa de açúcar

2 colheres de sopa de manteiga

3 ovos

½ colher de chá de sal

5 xícaras de chá de farinha de trigo

Farinha de trigo para polvilhar e sovar o quanto baste

Para o recheio:

1 litro de leite

1 e ½ de xícara de farinha de trigo

1 xícara de açúcar

3 gemas peneiradas

1 colher de chá de essência de baunilha

Para a finalização:

Óleo para fritar por imersão o quanto baste

Açúcar de confeiteiro para polvilhar a gosto

Modo de preparo

Massa: em uma tigela grande, misture o leite morno e o fermento biológico, cubra com um pano de prato e aguarde 5 minutos. Acrescente o açúcar, a manteiga, os ovos e o sal. Misture bem e vá adicionando a farinha aos poucos.

Transfira a massa para uma superfície lisa, polvilhada de farinha e sove por cerca de 15 minutos, em movimentos de estica e puxa, acrescentando se necessário mais farinha. A massa não pode estar grudando nas mãos e deve ficar bem lisa e uniforme.

Retorne a massa para a tigela, agora polvilhada de farinha, cubra com o pano e deixe descansar em lugar quentinho. Aguarde até dobrar de volume, cerca de 1 hora.

Porcione a massa em 20 partes iguais, boleie uma a uma, coloque em assadeira untada com farinha, uma distante da outra, pois irão dobrar de tamanho, cubra com o pano novamente e leve para um lugar quentinho para crescer mais uma vez.

Aqueça o óleo para fritar por imersão. Atenção: pois a temperatura não pode estar muito quente. Frite ambos os lados dos sonhos até dourar e deixe escorrer em papel absorvente. Aguarde esfriar, corte ao meio sem separar as duas partes e recheie.

Recheio: em uma panela, misture bem o leite e a farinha de trigo. Adicione os demais ingredientes e leve ao fogo médio para cozinhar até virar um creme grosso. Mexa sempre durante o cozimento para evitar que grude no fundo da panela e crie grumos.

Transfira o creme para uma tigela, cubra com filme plástico em contato com o creme e aguarde esfriar completamente. Refrigere. Na hora de rechear, retire o creme da geladeira e bata vigorosamente até ficar um creme maleável. Transfira o creme para um saco de confeiteiro e recheie os sonhos.


Receba notícias diretamente em seu e-mail! Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.