Publicidade
Cotidiano | ABC Pra Você | Motores Mercado

Tracker liderou vendas em março

SUV compacto da Chevrolet emplacou 6,4 mil unidades no mês passado e, ao completar um ano, chega à linha 2022

Publicado em: 06.04.2021 às 06:00

Chevrolet Tracker 2022

O Chevrolet Tracker foi o SUV mais vendido do Brasil em março, com 6,4 mil unidades emplacadas. Além disso, foi o veículo de passeio que mais cresceu em volume de vendas no primeiro trimestre, com um incremento de quase 12 mil unidades em relação ao mesmo período do ano passado. Além disso, a nova geração do Tracker está completando um ano e chega à linha 2022 oferecendo mais conectividade. O preço inicial da gama é de R$ 96,1 mil.

A principal novidade é a tecnologia sem fio para a projeção de aplicativos do smartphone diretamente na tela de 8" do veículo. O sistema compatível com Android Auto e Apple CarPlay é capaz de projetar apps como o Waze, Spotify e WhatsApp no multimídia MyLink - para maior segurança, pode ser operado por comando de voz.

Com esta nova funcionalidade, o Tracker inaugura o mais alto nível de conectividade em sua categoria, com o conceito de "wireless car" ou carro sem fio, até porque o veículo oferece também o carregador de smartphone por indução magnética. Este pacote também conta com o sistema de telemática avançada OnStar, o aplicativo myChevrolet e o sistema de Wi-Fi nativo.

"De série a partir da versão LT do Tracker, a projeção sem fio traz mais praticidade para o dia a dia e é mais um passo importante dentro da estratégia de evolução contínua do produto, que dita tendências nos quesitos mais valorizados pelo consumidor: design, segurança, conforto, desempenho e conectividade", explica o diretor de Marketing de Produto da GM América do Sul, Rodrigo Fioco.

Chevrolet Tracker 2022

Na tecnologia de projeção sem fio da Chevrolet, a transmissão é feita pelo Wi-Fi do veículo, o que garante maior fluxo de dados. Para habilitar a projeção sem fio do smartphone para o multimídia do carro, o usuário precisa fazer o pareamento apenas uma única vez, seguindo as instruções que aparecem no visor do equipamento.

"Os carros com alto nível de conectividade são os mais atrativos e valorizados pelo mercado. Outro fator fundamental é a forma como a tecnologia interage com o consumidor. Este é o grande diferencial da Chevrolet. Entregamos tudo isso com muita praticidade, conveniência e, principalmente, segurança", explica Fioco.

O sistema de carregamento por indução magnética já está disponível para o Tracker desde a chegada da nova geração, apresentada no fim de março do ano passado. Para iniciar a operação, basta colocar o celular sobre a almofada de carregamento rápido posicionada no console central. A linha 2022 deve chegar às concessionárias a partir da primeira quinzena de abril.

Itens de conforto e tecnologia

Chevrolet Tracker 2022

Confira outras tecnologias e equipamentos disponíveis para o modelo:

- Acabamento interno premium

- Ar-condicionado digital automático

- Assistente de estacionamento semiautônomo

- Chave com sensor de aproximação e botão para ignição do motor

- Computador de bordo de 14 funções, entre elas indicador de distância do veículo à frente, monitoramento da pressão dos pneus e percentual da vida útil do óleo

- Coluna de direção com regulagem em altura e profundidade

- Controlador de limite de velocidade

- Entradas USB também para os ocupantes do banco traseiro

- Lanternas em LED

- Retrovisor eletrocrômico

- Roda em liga-leve aro 17"

- Sensor de chuva

- Teto solar panorâmico com abertura elétrica

- Segurança

- 6 air bags (duplo frontal, duplo lateral e duplo de cortina)

- Alerta de ponto cego

- Alerta de colisão com sistema de frenagem autônoma de emergência

- Assistente de frenagem para situações de perda de eficiência por aquecimento

- Atuação do sistema de freio em curvas (Torque Vectoring by Brakes)

- Recurso que ajuda a manter a trajetória em frenagens em linha reta (Straight-Line Stability)

- Indicação de frenagem de emergência (ESS)

- Controle eletrônico de estabilidade e tração

- Assistente de partida em aclive

- Faróis dianteiros Full LED com acendimento automático através de sensor crepuscular

- Sistema de luz auxiliar lateral em curvas

- Luz de condução diurna em LED

- Sensores de estacionamento dianteiros, traseiros e laterais com indicação gráfica no painel

- Câmera de ré

- Sistema de telemática avançada OnStar

OnStar disponibiliza diversos serviços e proporciona mais segurança

O Tracker oferece também sistema de telemática avançada OnStar com diversos serviços focados em proteção e segurança, como o de resposta automática em caso de acidente. Ao detectar a deflagração dos air bags, o veículo é capaz de enviar um sinal com sua localização exata à central de atendimento para que possa providenciar resgate, caso necessário.

Ainda em relação à conectividade, o SUV se destaca pelo Wi-Fi nativo a bordo com sinal até 12 vezes mais estável e possibilidade de atualizações remotas de sistemas eletrônicos (OTA). Conta, ainda, com o aplicativo myChevrolet para consultar informações do computador de bordo e para comandar diversas funções do veículo a distância.

A linha 2022 conta com quatro opções de acabamento (manual, automático, LT, LTZ e Premier) e duas opções de motores turbo flex.

Duas opções de motores: 1.0 e 1.2

Há duas opções de motores, 1.0 e 1.2. Em comum, os dois propulsores da nova geração Ecotec têm três cilindros e 12 válvulas e a tradicional injeção multiponto. Em ambos o torque máximo já está disponível a apenas 2.000 rpm. Ou seja: não é necessário pisar fundo para contar com força total. Tanto no 1.0 quanto no 1.2 é preciso elevar os giros para atingir a potência máxima, que chega a 5.500 rpm.

O 1.0 gera potência de 116 cv a 5.500 rpm com gasolina ou etanol e torque de 16,3 kgfm com gasolina e 16,8 kgfm com álcool.

Já o 1.2 desenvolve 132 cv com gasolina e 133 cv com álcool e 19,4 kgfm e 21,4 kgfm, respectivamente. Os 22 cv e os 4,6 kgfm extras tornam o 1.2 mais esperto em uma direção esportiva, mas o 1.0 também faz bonito, caindo na medida para o porte do veículo.

A versão turbo automática equipada com o 1.2 pesa 1.233 kg, apenas 5 kg a mais em comparação com a mesma configuração 1.0. O motor 1.2 permite aceleração de 0 a 100 km/h em 10,9 s, enquanto o 1.0 é um pouco mais lento, cumprindo a prova em 11,7 s.

Os números de economia prometidos na versão 1.0 com transmissão automática, com gasolina, são de 13,7 km/l na estrada e 11,9 km/l na cidade.

 


Quer receber notícias como esta e muitas outras diretamente em seu e-mail? Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.