Publicidade
Botão de Assistente virtual
Cotidiano | ABC Pra Você | Viver com saúde BEM-ESTAR

Ser gentil faz bem à sua saúde

Gesto nobre ativa um verdadeiro "quarteto fantástico", que proporciona bem-estar e prazer

Publicado em: 24.11.2021 às 06:10 Última atualização: 24.11.2021 às 09:58

Em um mundo cada vez mais rápido e competitivo, pequenos gestos de carinho expressados de forma gratuita tem peso cada vez maior em nossas vidas e liberam substâncias que beneficiam não apenas quem a pratica, mas também quem é agraciado com o gesto.

"O altruísmo e o comportamento gentil são traços visíveis em toda cadeia animal, porém, restrito aos laços familiares ou dependente de reciprocidade. Somente os seres humanos são capazes de estender seu altruísmo para muito além dos laços familiares e da reciprocidade", detalha Livia Ciacci, neurocientista do Método Supera.

Todo gesto nobre produz uma reação benéfica ao nosso organismo
Todo gesto nobre produz uma reação benéfica ao nosso organismo Foto: Adobe Stock
E se na história da humanidade, o trabalho em equipe garantiu bons resultados à sobrevivência, quando pensamos no nosso cérebro, o que faz a gentileza ser um sentimento tão nobre e único são justamente as substâncias geradas pela materialização do ser gentil.

É um verdadeiro "quarteto fantástico" que proporciona bem-estar e prazer: através da endorfina, considerada o anestésico natural do corpo; a ocitocina, que cria laços de confiança; a dopamina, que nos motiva a partir para ação e objetivos; e a serotonina, que diminui a ansiedade.

Autoconhecimento se revela nas interações sociais

Entender como ocorrem os próprios processos socioemocionais por meio de um trabalho de autoconhecimento e esforço, muda e melhora a capacidade de lidar com os mais diversos cenários.

Isso acontece porque, muitas vezes, não temos a completa consciência sob qual estado mental de processamento estamos funcionando no momento.

"Ver uma pessoa triste pode ser prazeroso se eu estou motivado a causar essa tristeza, mas angustiante se meu objetivo é ajudá-la. Por isso, ampliar nossa capacidade socioemocional traz entendimento sobre como nossas reações a interações sociais dependem do contexto e qual a mentalidade social vou assumir perante o que sinto, um fator essencial para alcançar inteligência emocional", destaca a especialista.


Mais praticidade no seu dia a dia: clique aqui para receber gratuitamente notícias diretamente em seu e-mail!

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.