Publicidade
Bom Exemplo

Voluntários fazem bolachas caseiras para doar à população carente na Vila Kipling

Por Débora Ertel

Junto com a vianda do almoço, famílias receberam um pacote de biscoitos caseiros Foto: Fotos Divulgação
Quem não gosta de comer uma bolacha caseira, ainda mais se for recheada de carinho? Foi com este sentimento que as voluntárias da Casa Verde, no bairro Canudos, prepararam 150 kits de biscoitos para serem doados às famílias que moram na Vila Kipling. Todas as terças e quintas-feiras, os moradores se dirigem até o Instituto Seno Frederico Ludwig (Ciep) para receberem uma vianda de almoço.

"Eu pensei que seria bom eles levarem, além da comida, um lanchinho para a tarde", conta a coordenadora da Casa Verde, Ana Maria Assmann da Rosa. Desta maneira, as voluntárias montaram os pacotes dentro de caixas de leite vazias. Assim, cada morador recebeu 15 bolachas, 12 de canela e três em formato de flores. "Usamos a caixinha porque trabalhamos com o reaproveitamento", comenta.

Voluntários precisam de doação na Kipling

Segundo a coordenadora do projeto que serve refeições no Ciep, Marlene Silva de Souza, ontem foram servidas 152 refeições com a ajuda de voluntários. Para dar continuidade à ação, eles precisam da doação de marmitex, carne, frutas e verduras. De outros alimentos, o grupo tem estoque. Quem quiser ajudar, basta telefonar para (51) 99929-2474.

Dinheiro veio da Alemanha

Ana conta que, além do projeto da Vila Kipling, ainda serão doados 50 kits para a Corrente do Bem, que na terça-feira (30) foi tema de reportagem no Jornal NH. A voluntária recebeu de uma amiga que mora na Alemanha o dinheiro para a produção dos biscoitos. "Ela me enviou 500 euros. Ainda vamos utilizar em outras ações", conta.

 


Quer receber notícias como esta e muitas outras diretamente em seu e-mail? Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.