Publicidade
Botão de Assistente virtual
Cotidiano | Turismo Viagem

Com avanço da vacinação, mais países reabrem para brasileiros

Estados Unidos e Argentina vão voltar a permitir entrada de turistas brasileiros sem exigir quarentena

Publicado em: 25.09.2021 às 03:00 Última atualização: 25.09.2021 às 10:28

Com o avanço global da vacinação, e mantidas as devidas precauções para manter a pandemia sob controle, vários países têm levantado as interdições para viajantes. Boa notícia para os brasileiros, que durante os meses mais ferozes da Covid-19 chegaram a integrar o grupo mais restrito de países. Agora, quando a Europa e outros destinos já voltavam a aceitar visitantes, dois dos destinos mais populares entre os turistas brasileiros anunciaram que vão reabrir para viajantes vacinados sem necessidade de quarentena: Estados Unidos e Argentina.

Capital argentina Buenos Aires é um dos destinos mais populares entre os brasileiros
Capital argentina Buenos Aires é um dos destinos mais populares entre os brasileiros Foto: fotos Adobe Stock

No caso dos Estados Unidos, as regras vão permitir entrada de visitantes com o ciclo vacinal completo e sem exigência de quarentena a partir de novembro. Ainda há detalhes que precisam ser definidos pelas autoridades sanitárias norte-americanas, como quais são as vacinas aceitas. O país só emprega Pfizer, Moderna e Janssen, e ainda há expectativa sobre se serão aceitas as outras vacinas aplicadas no Brasil.

Hermanos

A Argentina também vai reabrir aos visitantes internacionais em geral no mês de novembro, mas os brasileiros já serão aceitos antes, a partir do início de outubro. É que os países vizinhos Brasil, Chile, Bolívia, Uruguai e Paraguai aproveitam uma regra aplicada ao bloco regional. Mesmo assim, a entrada não é irrestrita.

Vai reabrir a fronteira terrestre. É preciso ter completado o ciclo vacinal há duas semanas para entrar sem quarentena. Também é preciso mostrar teste RT-PCR das últimas 72 horas.

A Argentina, por enquanto, ainda terá uma cota de entrada diária, então haverá casos em que talvez não seja possível entrar. E quem não estiver com a vacina completa, assim como as crianças, terá que observar quarentena.

As autoridades argentinas estão projetando que não será mais exigido teste na entrada quando o país tiver atingido 50% da população vacinada. A Argentina está em cerca de 45% por enquanto.

Outros locais

Nas últimas semanas outros destinos que são populares entre turistas ou visitantes brasileiros reabriram as fronteiras. O Canadá começou a receber vacinados a partir de setembro, mas ainda não está aceitando a CoronaVac, só Pfizer, Janssen e Astrazeneca, dentre os imunizantes aplicados no Brasil. A França é o mesmo caso.

Miami, nos Estados Unidos, outro dos destinos preferidos entre os turistas vindos do Brasil
Miami, nos Estados Unidos, outro dos destinos preferidos entre os turistas vindos do Brasil Foto: Adobe Stock

 

Alguns destinos

A Europa passou a facultar aos integrantes do bloco a entrada de turistas com ciclo vacinal completo. As vacinas aceitas podem mudar de um caso para outro, então é preciso se informar. As relações também estão sendo continuamente atualizadas, por isto vale checar um pouco antes de se planejar.

Há uma relação de países que estão com as fronteiras totalmente liberadas sem necessidade de comprovar vacinação. É o caso da África do Sul, Aruba, Bolívia, Colômbia, Equador, Etiópia, México, Portugal, Nicarágua e Emirados Árabes, entre outros.

Há, ainda, um grupo de países que exige apresentação de testes na entrada mas dispensa desta obrigação os turistas que tiverem sido vacinados com o ciclo completo. É o caso do Egito e da Jordânia. A Rússia exige que vacina seja informada.

Outros países ainda estão com restrições mais rigorosas. A Austrália exige quarentena na entrada e apresentação de teste.

Velho Mundo reabre para os brasileiros

O Brasil estava na lista dos países com restrições mais pesadas de visitação na Europa, mas as regras foram sendo flexibilizadas nos últimos dois meses.

Neste momento, a Alemanha, por exemplo, aceita entrada de visitantes oriundos do Brasil mesmo sem o ciclo vacinal completo, embora exija apresentação de teste recente. Como aquele país não contempla na relação de vacinas a CoronaVac fabricada no Butantan, a exigência é a mesma de paciente sem o ciclo vacinal completo. Mas não há exigência de quarentena mesmo assim.

Várias localidades da Europa exigem ciclo vacinal completo, enquanto outras, como Portugal e a Alemanha, requerem o teste negativo recente. Entretanto, uma vez que visitas ao continente costumam passar por vários locais, inclusive durante o trânsito, convém o visitante se preparar e estar informado sobre eventuais restrições no caminho.

Dicas

Em quaisquer casos, mesmo nos países que estejam com as fronteiras abertas sem exigência de vacinação de qualquer espécie, é necessário observar uma série de precauções sanitárias compulsórias. O próprio Brasil tem listas de recomendações no site do Ministério do Turismo e nos aeroportos.

Também é útil se informar sobre o tipo de máscara exigido em cada localidade, já que em alguns casos a exigência é mais específica.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.