Publicidade
Esportes Copa Libertadores

Gre-Nal da Libertadores tem oito expulsos e 0 a 0 no placar

No final, um desentendimento entre Moisés e Pepê virou pancadaria

Por André Heck
Última atualização: 12.03.2020 às 23:46

No final, um desentendimento entre Moisés e Pepê virou pancadaria Foto: Diego da Rosa / GES
O clássico disputado na noite desta quinta-feira (12), na Arena, em Porto Alegre, entrou para a história como o primeiro Gre-Nal da Copa Libertadores. E também como um dos enfrentamentos com mais expulsões: foram quatro vermelhos para cada lado. O placar ficou no 0 a 0, na partida válida pela segunda rodada do Grupo E da Copa Libertadores. Com o empate sem gols, Inter e Grêmio chegam aos 4 pontos, com os colorados levando vantagem no saldo de gols.

No primeiro tempo, a melhor chance foi colorada, com Boschilia. As equipes fizeram um enfrentamento de posse de bola, com alternância no domínio das ações, mas surpreendeu a postura ofensiva dos colorados mesmo atuando fora de casa. Já no segundo tempo, Guerrero marcou aos 15min, mas estava em posição de impedimento. Aos 23min, Edenilson acertou a trave. A resposta tricolor veio com Pepê, que fez fila aos 25min e chutou para defesa de Lomba. Aos 34min, mais uma bola na trave do Colorado, desta vez com Boschilia. Aos 38, em contra-ataque, Luciano quase encobriu Lomba.

No final, um desentendimento entre Moisés e Pepê virou pancadaria. O resultado foram as expulsões de Caio Henrique, Pepê, Luciano e Paulo Miranda, do Grêmio, e Cuesta, Moisés, Edenilson e Praxedes, do Inter. Três jogadores que estavam em campo e um do banco de cada lado levaram o vermelho. No acréscimos, Lucas Silva ainda acertou o travessão de Marcelo Lomba. Fim de jogo: 0 a 0.

Lance a lance


Mais praticidade no seu dia a dia: clique aqui para receber gratuitamente notícias diretamente em seu e-mail!

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.