Publicidade
Notícias | Rio Grande do Sul Governo gaúcho

Os caminhos da posse de José Ivo Sartori no Palácio Piratini

Novo governador gaúcho assume oficialmente o cargo nesta quinta-feira

Por Ricardo Marques
Última atualização: 31.12.2014 às 18:18
Infográfico sobre a posse do governador do Rio Grande do Sul neste 1º de janeiro de 2015
Porto Alegre – Ocorre em dois momentos na tarde desta quinta-feira, na Assembleia Legislativa e no Palácio Piratini, em Porto Alegre, a posse do novo governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori. De acordo com as assessorias do Legislativo e Executivo estaduais, o protocolo oficial e constitucional da posse será seguido e composto por dois momentos distintos.

O primeiro ato será na Assembleia, onde Sartori deve chegar no começo da tarde. Às 14 horas está marcada a Sessão Solene de Compromisso Constitucional e Posse Oficial do Governador Eleito, que terá o tenor Eduardo Bighelini e a pianista Elda Maria Pires interpretando os hinos Nacional e do Estado. O presidente do Legislativo, deputado Gilmar Sossela, faz a abertura da cerimônia e a interrompe quando da chegada de Sartori e do vice-governador eleito, José Paulo Cairoli, ao local. Sossela então convida líderes de bancadas e de partidos para que se dirijam até o gabinete da presidência da Assembleia, onde o novo governante gaúcho e seu vice serão recepcionados. Após, as autoridades serão conduzidas ao plenário, para que a cerimônia de posse então possa reiniciada.

Com a retomada dos trabalhos, Sartori profere o Compromisso Constitucional, que terá o seguinte texto: "Prometo manter, defender e cumprir a Constituição, observar as leis e patrocinar o bem comum do povo rio-grandense". Em seguida, a deputada Marisa Formolo (PT), 1ª secretária da Mesa Diretora, fará a leitura do Termo de Posse. O mesmo procedimento ocorre com o vice-governador eleito José Paulo Cairoli. Por fim, o presidente Sossella e o governador empossado fazem seus discursos.

Transmissão do cargo e posse do secretariado

Após a posse na Assembleia Legislativa, o presidente Gilmar Sossella acompanha os novos governador e o vice até a saída principal do Legislativo. Ali eles serão aguardados pelos chefes da Casa Militar e do Cerimonial do Palácio Piratini, que os acompanharão até a sede do Executivo, com o percurso sendo feito a pé pela avenida Duque de Caxias, que estará fechada para o trânsito.

No Piratini, após entrada pelo acesso principal, todos se dirigem ao Salão Negrinho do Pastoreio, onde o governador Tarso Genro preside, às 15 horas, o ato de transmissão do cargo. A solenidade será composta por execução dos hinos Nacional e Rio-grandense, leitura e assinatura da ata de transmissão do cargo e discursos de Tarso e Sartori. Após os cumprimentos finais, o governador que deixa o cargo se retira e o novo chefe do Executivo estadual fará a posse coletiva dos 19 secretários que comporão o primeiro escalão do governo que se inicia.

No parlamento gaúcho só no final de janeiro

Diferente do governador, os deputados estaduais eleitos na eleição de outubro terão de esperar um pouco mais para assumirem suas funções na Assembleia Legislativa. A posse dos 55 novos integrantes do Legislativo ocorrerá em sessão solene no dia 31 de janeiro, às 14 horas, no Plenário 20 de Setembro.


Quer receber notícias como esta e muitas outras diretamente em seu e-mail? Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.