Publicidade
Multimídia | Galerias Tédio necessário

Fotógrafo registra o isolamento de idosos durante quarentena

Hamilton Zambiancki é de Curitiba e clicou cenário claustrofóbico imposto pela ameaça da Covid-19

Última atualização: 01.04.2020 às 10:32

O avanço do novo coronavírus no Brasil tem colocado toda a população em estado de alerta. Inúmeras medidas para conter a proliferação do vírus e estancar a pandemia estão surgindo a cada dia. O fechamento do comércio e parte das agências bancárias são algumas das determinações impostas recentemente pelos governos estaduais. Mas entre todas, a que mais se têm ouvido é a da permanência de pessoas acima de 60 anos em suas respectivas casas.

CONTEÚDO ABERTO | Leia todas as notícias sobre coronavírus

A pergunta ainda sem uma resposta definida é: os idosos teriam outra opção, ou esta recomendação se tornou a única escolha para esta parcela da sociedade? Para mostrar este cenário claustrofóbico, o fotógrafo Hamilton Zambiancki passou a se dedicar a observar e registrar estes idosos "presos" em seus apartamentos.

Forçados psicologicamente a ficarem em casa, aqueles com idade avançada têm transparecido viver, nos últimos dias, uma vida que ultrapassa, de fato, o isolamento e beira a desolação."Na região próxima ao Centro Histórico de Curitiba, onde há uma concentração enorme de moradores idosos, pude perceber neles um olhar vazio, a tristeza e a saudade de uma vida social ativa", comenta Zambiancki.

Isolados, desolados e sem alternativas, as janelas têm se tornado, literalmente, a única forma de conexão dos idosos com o cotidiano, o convívio interpessoal, além do que muitos deles buscam quando chegam na terceira idade: a sociabilidade.

De acordo com a Secretaria de Vigilância do Ministério da Saúde, a maioria das vítimas que foram a óbito no Brasil devido ao contágio do novo coronavírus têm mais de 60 anos de idade. Atualmente, a faixa da população acima de 60 anos de idade já é superior aos 28 milhões de pessoas, o que representa cerca de 14% dos brasileiros.

Ao todo, até o momento, mais de 4,5 mil casos foram confirmados em todo o território brasileiro, com mais de 140 mortos. Mas a tendência é que este número cresça dia após dia. Ainda de acordo com dados divulgados pelas secretarias estaduais de saúde, no Brasil, até o momento, a taxa de letalidade da pandemia do novo coronavírus é de 2,7%.


Receba notícias diretamente em seu e-mail! Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.